Cortejo da Arte leva música e alegria às ruas de Tiradentes durante Mostra de Cinema

Tradicional percurso é realizado por foliões fantasiados ao som de banda carnavalesca que toca marchinhas e hits populares

por Maíra Cabral Bossuet Alvim 19/01/2013 20:29

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Maíra Cabral/Portal UAI
Pausa para os olhos: foliões de todas as idades aproveitaram tempo entre sessões de cinema para dançar e cantar ao som da banda (foto: Maíra Cabral/Portal UAI)
A música se uniu ao cinema e a paixão pelas duas artes tomou as ruas de Tiradentes em forma de carnaval fora de época na tarde deste sábado, 19. Turistas, moradores e convidados da 16ª Mostra de Cinema seguiram o tradicional Cortejo da Arte embalados pelos metais e percussão da Banda Ramalho. O desfile acontece desde a primeira edição do festival na cidade histórica.

 

"É um dos melhores momentos da Mostra, a chance que temos de curtir a música de outros tempos em ruas históricas antes de voltarmos a assistir filmes contemporâneos", comenta o estudante Gabriel de Moura, que viajou de Juiz de Fora, na Zona da Mata, para acompanhar a movimentação cultural no Campo das Vertentes.

 

Maíra Cabral/Portal UAI
Multidão invade ruas da cidade histórica em festa que acontece desde a primeira edição da Mostra (foto: Maíra Cabral/Portal UAI)
A marca de outras gerações se evidencia nas marchinhas executadas pela banda, mas também há espaço para o novo. A promotora de eventos Aline Rocha Mello valoriza a mistura no repertório. "O mais legal sobre essa banda é que eles tocam de tudo, vão dos carnavais antigos a versões de Lady Gaga, Michael Jackson e até rock 'n' roll", elogia.

 

Palhaços da Companhia Circunstância, Grupo Entre & Vista e da Trupe Circo também participaram da intervenção. A Turma da Pipoca, formada por personagens que abrem as portas da Mostra para o público infantil, chamaram atenção durante o percurso.

 

Para a coordenadora do evento, Raquel Hallack, a reunião de toda a classe artística com o público é o que torna o cortejo uma grande festa. “A ideia é gerar uma integração. No cinema vemos todas as manifestações da arte reunidas, então o desfile é uma forma de celebrar isso”, conclui.

Saindo da Igreja do Rosário com destino à praça principal da cidade, o passeio musical também celebrou o aniversário da cidade de Tiradentes. A coordenadora da mostra explica que o cortejo surgiu para celebrar a elevação à categoria de cidade, o que aconteceu há 294 anos.

 

Assista à passagem do Cortejo da Arte em Tiradentes:

 

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA