Brichos 2 estreia em 50 salas de cinema do Brasil

Animação é dirigida por Paulo Munhoz

27/12/2012 08:13

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
 Tecnokena/divulgação
(foto: Tecnokena/divulgação)
Vem aí mais uma animação nacional: Brichos 2: A floresta é nossa, dirigida por Paulo Munhoz. O filme chega a 50 salas do país -inclusive em BH, a partir desta sexta-feira - e tenta atrair a criançada em férias. Munhoz conta as aventuras do tamanduá Olavo e de seu filho, Bandeira, que moram no deserto de Noforest. Nos Estados Unidos, um esperto filhote de joão-de-barro encara o frio e o intercâmbio estudantil, enquanto o jaguar Tales e o quati Jairzinho curtem o Brasil. A vida boa dessa turma acaba quando os vilões Birdestroy, Ratão e Al Corcova armam arapucas de toda ordem envolvendo máquinas destruidoras e jogadas internacionais. Motivo: o trio está de olho na rica floresta da Vila dos Brichos, menina dos olhos de Olavo, Bandeira, Tales e Jairzinho. Como pano de fundo da história estão temas politicamente corretos como ecodesign, reciclagem e ecologia. Os vilões, claro, serão enquadrados, mas prometem divertir o público. Afinal de contas, ganharam as vozes de Marcelo Tas (Birdestroy), Antônio Abujamra (Al Corcova) e André Abujamra (Ratão). Em 2006, foi lançado Brichos, o primeiro longa da série, sobre aventuras de garotos às voltas com um campeonato internacional de videogame. Produzido pelo estúdio curitibano Tecnokena, o projeto inclui minissérie televisiva, game para smartphone e livros infantojuvenis.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA