Micrometragem mineiro é premiado no Festival Cel.U.Cine

Documentário Velasco, dos mineiros de Belo Horizonte Rodrigo Cardoso e Rafael Vilela, trouxe prêmio para casa

18/12/2012 09:38

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Fotos: CEL.U.CINE/DIVULGAÇÃO
Os mineiros Rodrigo Cardoso e Rafael Vilela ficaram com o trofeú de documentário para Velasco (foto: Fotos: CEL.U.CINE/DIVULGAÇÃO )
Velasco, dos mineiros de Belo Horizonte Rodrigo Cardoso e Rafael Vilela, foi o vencedor da categoria documentário no Festival Cel.U.Cine de Micrometragem, que teve cerimônia de entregado dos prêmios semana passada, no Teatro Oi Futuro, no Flamengo, Rio de Janeiro. Nessa quinta edição, foram inscritos 170 vídeos, dos quais 25 ficaram entre os finalistas. O júri, formado pela atriz Dira Paes, pelo músico Paulinho Moska e pelo crítico de cinema e DJ Marcelo Janot, teve a missão de escolher os melhores em cada categoria. A cerimônia foi apresentada pela cantora Letícia Novaes, vocalista da banda Letuce, que fez pocket-show ao final da premiação. Criado pela Associação Revista do Cinema Brasileiro em parceria com o Oi Futuro, o Cel.U.Cine conta com patrocínio da Oi e da Secretaria de Estado de Cultura, por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura do Rio de Janeiro, e apoio da RioFilme e do Canal Brasil. Na categoria ficção, o vencedor foi 180 segundos, de Julia Cartier e Rodrigo Ribeiro, do Rio de Janeiro; o prêmio de música ficou com Primeiro de abril, de Andy Moura, de São Paulo; e o troféu de animação foi para O homem que contou as aves do sertão, de Patrícia Moreira, da Bahia. O prêmio especial RioFilme foi dado à produção do Rio de Janeiro, Aposta do Flaflu, de Marcelo Menezes e a menção honrosa ficou com o documentário Corta-se cabelo, de Renato Ogata, de Curitiba.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA