Mostra de cinema de Itabira invade a cidade até domingo

Girimunho, de Helvécio Marins Jr. e Clarissa Campolina, é um dos filmes que serão exibidos

12/12/2012 09:42

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
 (Ivo Lopes Araújo/divulgação)
Cena de Girimunho (foto: (Ivo Lopes Araújo/divulgação))
A 5ª edição do projeto Pedra que Brilha – Mostra de Cinema de Itabira será promovida até domingo na cidade mineira, com extensa programação de shows e exibição de filmes, além de debates e oficina. A mostra, com entrada franca, será realizada na Praça Acrísio Alvarenga e nas salas de cinema. O coordenador geral do evento, Cléber Camargo Rodrigues, conta que esta edição homenageia as artes, sobretudo a música e o audiovisual, trazendo o tema “O brilho da música na Pedra que Brilha”. A curadora Maíra Baldaia afirma que a cidade, “berço do compositor José Duduca Moraes, tem grande tradição musical, sendo terra natal de artistas de diversas gerações. Itabira, com sua forte musicalidade, integra o cenário mineiro, de tantos outros relevantes nomes da sétima arte”. Ela lembra que, antes mesmo do cinema falado, já havia músicas nos filmes e esse também foi o processo natural nas terras brasileiras. “Desde os primeiros dias da sétima arte, sentiu-se a necessidade de introduzir o elemento musical no complexo fílmico. Como uma comunhão necessária, a música compõe a imagem, sendo perceptível até mesmo no silêncio. Portanto, a 5ª Mostra de Cinema de Itabira propõe um (re)encontro da música com o cinema”. Cléber Rodrigues avisa que algumas das produções audiovisuais selecionadas valorizam direta ou indiretamente suas trilhas sonoras, trazendo a musicalidade para o primeiro plano. Ele ressalta ainda que os títulos também dialogam de certa forma com a cultura e a história de Itabira. “Em toda a região, Itabira é a única que tem salas de cinema, por isso apresentamos na programação apenas filmes que não passaram nas salas da cidade”. Um dos destaques da programação é o lançamento do documentário Tambores meninos – do projeto oficina instrumental Meninos de Minas. Segundo o diretor Silvino Fernandes, o documentário traz apanhado geral do trabalho desenvolvido pelos Meninos de Minas e os vários shows realizados por eles no Brasil e no circuito internacional, ao longo de mais de 10 anos de trajetória. Os filmes em exibição: Gonzaga, de pai pra filho, de Breno Silveira; Girimunho, de Helvécio Marins e Clarissa Campolina; À beira do caminho, de Breno Silveira; A era do gelo 4, de Steve Martino; A noite dos palhaços mudos, de Juliano Luccas; Corda Bamba, de Eduardo Goldenstein; Eu e meu guarda-chuva, de Toni Vanzolini; Os donos da mata, de Luciana Bezerra; Uma noite em 68, de Ionaldo Araújo. Programação completa em www.pedraquebrilha.com.br.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA