Mostra exibe longas e curta-metragens no Cine Humberto Mauro

De 11 a 16 de dezembro, mais de 20 películas serão exibidas. Três debates serão realizados nos dias 13, 15 e 16

por Agência Minas 10/12/2012 16:23

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Criterion / Divulgação
A Bela e a Fera, de Jean Cocteau, abre a mostra (foto: Criterion / Divulgação)
O Cine Humberto Mauro promove, de 11 a 16 de dezembro, a mostra Interseções: Cinema e Artes Visuais, articulada pela Fundação Clóvis Salgado (FCS). De perfil clássico e contemporâneo, a mostra abriga 11 longas e 13 curtas-metragens de diretores brasileiros e estrangeiros, com um traço comum: buscam nas artes visuais uma referência para as trajetórias refletidas nos filmes. Leia também: Clássicos da comédia italiana são lançados em DVD A entrada para as sessões é gratuita. Os ingressos devem ser retirados com 30 minutos de antecedência, na bilheteria do Cine Humberto Mauro. A principal obra do cineasta Jean Cocteau, A Bela e a Fera, abre a mostra no dia 11 de dezembro, às 17h. Dentre outros diretores, David Lynch, com Império dos Sonhos, Jean-Luc Godard, com Paixão e Scenário du Film Passion, e Cao Guimarães, com Ex-isto, fazem parte da programação da mostra. Quanto aos curtas-metragens, destaque para os filmes de Ken Jacobs, Seeking the Monkey King, Ricardo Alves Jr., Material Bruto, e Cao Guimarães, Brasília. Seeking the Monkey King recebeu o prêmio do Júri Internacional do 14º Festival Internacional de Curtas de Belo Horizonte. Já Material Bruto recebeu o prêmio do Júri da Crítica do 9º Festival Internacional de Curtas. Por sua vez, Brasília, é exibido pela primeira vez em Belo Horizonte e pela segunda vez no Brasil. Além da exibição dos filmes, três debates serão realizados na mostra. No dia 13 de dezembro, às 20h, o Cine Humberto Mauro recebe os cineastas mineiros Cao Guimarães e Tiago Mata Machado e a gerente de Artes Visuais da FCS, Fabíola Moulin. O acadêmico Eduardo de Jesus irá mediar o primeiro debate. No dia 15 de dezembro, às 19h, a professora e pesquisadora Roberta Veiga será a convidada especial para o segundo debate. Por fim, no dia 16, às 15h30, o crítico de cinema Cléber Eduardo, da revista Cinética, comenta as conexões entre cinema e artes visuais após a exibição dos curtas Fantasmas, de André Novais de Oliveira, Man.Road.River, de Marcellvs e Tauri, de Márcio Miranda Perez. “A mostra oferece obras relevantes, que refletem a relação entre o cinema e as artes visuais, tanto a partir de obras de cineastas renomados quanto de uma importantíssima parcela do cenário independente e que promovem a circulação dessas obras, além da geração de debates. São diretores e artistas que merecem espaço”, afirma a assessora da Gerência de Cinema da Fundação Clóvis Salgado, Ursula Rösele.    Serviço Mostra Interseções: Cinema e Artes Visuais Data: 11 a 16 de dezembro Local: Cine Humberto Mauro – Palácio das Artes (Av. Afonso Pena, 1537 – Centro – Piso inferior) Entrada gratuita (retirada de ingressos na bilheteria do cinema meia hora antes do início de cada sessão)

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA