Abertas inscrições para oficina de documentário durante 16º forumdoc.bh

por Estado de Minas 15/11/2012 07:00

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Estão abertas até dia 18, no site www.forumdoc.org.br, as inscrições para a oficina de documentário que a cineasta francesa Claire Angelini ministra em BH durante a 16ª edição do forumdoc.bh, promovido de 21 deste mês a 2 de dezembro. As atividades serão realizadas de 26 a 30 deste mês, das 14h às 17h, no Cine Humberto Mauro do Palácio das Artes. Serão oferecidas 50 vagas e o resultado com os nomes selecionados será divulgado no próprio site do festival no dia 23. 

forumdoc.bh/Divulgação
A cineasta francesa Claire Angelini vai ministrar oficina de documentário em BH (foto: forumdoc.bh/Divulgação)
Claire Angelini destaca que a atividade vai girar em torno das noções de território – compreendido tanto no sentido geográfico quanto histórico; da fala – ouvida, suscitada por testemunhas, ou carregadas por "personagens" – ; da memória – enterrada, ou sobrevivente ; e finalmente, de história – abordada como uma narrativa política que se abre sobre o presente. “A partir de exemplos tomados dos meus filmes, pretendo mostrar como um procedimento se constrói, que busca menos trazer respostas do que propor, por meio do cinema, uma forma que permita o espectador ativo de questionar, por sua vez, o mundo que o circunda.” 

Conduzindo um processo do tipo "arqueológico", para operar essa desconstrução que visa colocar em evidência o processo de fabricação do seu cinema, Claire Angelini vai explicitar, durante as aulas, cada escolha que pautou a elaboração, realização e produção de seus filmes, “sem deixar de lado as etapas práticas e as condições econômicas que estão na origem de sua existência, ou seja, no fim das contas de sua própria forma. Os elementos iconográficos que irão completar minhas proposições serão tanto fragmentos de filmes quanto imagens fotográficas, croquis, textos e até mesmo desenhos”, ressalta. 

A artista e cineasta Claire Angelini estudou na Escola Nacional de Belas Artes de Paris e na Universidade de Televisão e Cinema, em Munique. Ela interroga, por meio de instalação, filme, vídeo, fotografia, som e desenho a relação entre arte e história sob a forma do rastro, da ruína, da reminiscência e da sobrevivência das imagens. Em 2001, ela fundou o Laboratorium Geschichte, onde produziu, em colaboração, projetos de instalações em espaços públicos e livros de artista. 


VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA