Nova Zelândia aposta em O Hobbit para reaquecer o turismo

País se prepara para estreia de adaptação da obra de Tolkien nos cinemas. Primeiro filme da trilogia chega às telas em 14 de dezembro

por AFP 08/11/2012 15:34

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Divulgação / New Line Cinema
Governo neozelandês conta com sucesso de nova trilogia de Peter Jackson nos cinemas (foto: Divulgação / New Line Cinema)
Depois do filme O Senhor dos Anéis, a Nova Zelândia agora aposta em O Hobbit, a nova trilogia de Peter Jacskon filmada nas paisagens encantadoras desse país, para impulsionar o turismo, prejudicado por causa da crise e do terremoto de 2011. Veja cartazes de O Hobbit! Veja outras fotos de O Hobbit! Conheça os personagens de O Hobbit! Leia também: Estátua de Gollum homenageia Tolkien em aeroporto neozelandês Governo da Nova Zelândia lança selos e moedas inspiradas em O Hobbit O diretor adaptou outro romance de John Ronald Reuel Tolkien, O Hobbit ou Lá e de Volta Outra Vez (The Hobbit. There and Back Again). A primeira parte, O Hobbit: Uma Jornada Inesperada, estreia nos cinemas brasileiros em 14 de dezembro. Na esperança de que este novo filme, totalmente rodado na Nova Zelândia, seja tão bem sucedido como O Senhor dos Anéis, onde as magníficas paisagens do país brilharam nas telas, os profissionais de turismo lançaram uma campanha com grandes verbas com base no universo da Terra Média, o mundo ficcional inventado por Tolkien e presente em ambas as sagas. O diretor de Turismo da Nova Zelândia, Kevin Bowler, acredita que, graças ao esplendor do "país de longa nuvem branca" - o nome maori do arquipélago neozelandês - vai trazer uma exposição global, que pode logicamente se traduzir no aumento do número de visitantes. "Queremos mostrar aos turistas potenciais que a magia da Terra Média é de fato uma realidade na Nova Zelândia", disse. Desde o lançamento do último capítulo de O Senhor dos Anéis, há nove anos, o turismo na Nova Zelândia está em queda. Entre 2000 e 2006, o número de visitantes saltou de 1,5 milhão para 2,4 milhões, mas ao longo dos últimos quatro anos, nunca atingiu o pico de 2,5 milhões. Uma pesquisa recente da Associação da Indústria de Turismo revelou que a Nova Zelândia é cada vez menos procurada. "Isto é em parte devido ao aumento da concorrência de outros destinos e também por causa da situação econômica ruim dos países de onde vem os turistas", indica a pesquisa. O terremoto que atingiu Christchurch (ilha do sul) em 2011, causando 185 mortes, e o dólar neozelandês muito elevado também não ajudou. David Gatward-Ferguson, operador de turismo, conta que, quando estreiou o primeiro filme O Senhor dos Anéis, em 2001, os profissionais foram surpreendidos com o número de turistas que procuravam visitar os locais das filmagens. "No início, estávamos sobrecarregados e tínhamos que marcar as viagens com um ou dois anos de antecedência para lidar com a demanda", disse, lembrando que na época o dólar estava em seu nível mais baixo há 25 anos e a economia global prosperava. Então, reorganizou seu circuito de eco-aventura em torno do tema da Terra Média, com trajes de Tolkien e comentários na língua dos elfos. Para a estreia mundial de O Hobbit: Uma Viagem Inesperada em 28 de novembro, a Nova Zelândia Turismo investiu 900 mil euros e mudou seu slogan de costume "Nova Zelândia 100% autêntica" para "100% Terra Média". O governo de Wellington também está convencido de que o turismo irá aumentar. Em 2010, quando uma disputa trabalhista quase levou a uma deslocalização das filmagens, o Parlamento alterou o código de trabalho para garantir o filme. A companhia aérea nacional, Air New Zealand, foi uma das primeiras empresas a aderir à campanha. Em um vídeo produzido pelos estúdios Peter Jackson e exibidos antes de cada decolagem, Bilbo e seus companheiros substituem de maneira bem-humorada os comissários de bordo e transmitem as regras básicas de segurança. No entanto, cético quanto ao método, David Gatward-Ferguson ainda quintuplicou sua frota de ônibus de viagem, nos quais figuram os heróis de Tolkien, "Bilbo", "Smaug" e "Thorin". Assista ao trailer de O Hobbit: Uma jornada inesperada:


VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA