Encerramento da nona edição do Amazonas Film Festival terá transmissão ao vivo

Evento será transmitido pelo Canal Brasil, às 21h20

06/11/2012 09:54

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Imovision/Divulgação
A parte dos anjos, de Ken Loach, está entre os destaques do Amazonas Film Festival (foto: Imovision/Divulgação)
 

 

A nona edição do Amazonas Film Festival, que termina sexta-feira, tem novidade este ano: terá o encerramento transmitido pelo Canal Brasil, pela primeira vez. A partir das 21h20, direto do Teatro Amazonas, em Manaus. A cerimônia também estará disponível simultaneamente no site do canal (www.canalbrasil.com.br). A cobertura do encerramento terá nove câmeras e equipe de mais de 30 profissionais. A direção geral é de Marcus Bonchristianor. A jornalista Simone Zuccolotto fará a apresentação ao lado do crítico de cinema e comentarista Luiz Zanin Oricchio. Entrevistas com cineastas e personalidades ficarão a cargo do repórter Kiko Mollica. Os vídeos sobre os homenageados desta edição – 50 Anos da Palma de Ouro de O pagador de promessas, em Cannes; Zelito Viana; e Ana Lúcia Torres – foram produzidos pela equipe do Canal Brasil. O Amazonas Film Festival tem quatro mostras competitivas: longa (oito filmes), curta Brasil (14), curta Amazonas ficção (nove) e curta Amazonas documentário (seis). A competitiva internacional de longa tem filmes inéditos no circuito comercial do país, entre os quais três nacionais: A floresta de Jonathas, de Sergio Andrade; Era uma vez eu, Verônica, de Marcelo Gomes; e Jorge Mautner – O filho do holocausto, de Pedro Bial e Heitor D’Alincourt. Único concorrente de Minas na mostra Curtas Brasil é o filme Vento de feição, de Ana Moravi. Entre os concorrentes internacionais, La cebra, de J. Fernando Leon , é o representante mexicano e o longa Compliance, de Craig Zobel, vem dos Estados Unidos. Da Dinamarca, será exibido Teccy bear, de Mads Matthiesen. França e Israel trazem The other son, de Lorraine Levy – o filme acaba de ganhar o Grand Prix do Festival de Tóquio. A parte dos anjos (The angels share), de Ken Loach, coprodução Reino Unido, França, Bélgica e Itália, também está entre os concorrentes. O evento tem pela primeira vez 30 curtas produzidos por estudantes do projeto Jovem cidadão, do governo do estado. A mostra completa dos filmes será exibida depois da semana do festival, no dia 12, também no Teatro Amazonas. Com temática educativa e focado no público infantil, o trabalho é resultado do curso de cinema inserido na grade educacional do Jovem cidadão, cuja filosofia é oferecer alternativas para que crianças e jovens não sigam o caminho das drogas. Ao todo, serão exibidos, durante o festival, 211 curtas e longas, 31 produções a mais do que na edição passada. Informações: www.amazonasfilmfestival.com.br.



VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA