Documentário Budrus retrata exemplo de paz no Oriente Médio

Filme será exibido nesta quinta-feira no Museu das Minas e do Metal

01/11/2012 09:25

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

MMM/Divulgação
O documentário Budrus, de Júlia Bacha, será exibido hoje no projeto Toda quinta (foto: MMM/Divulgação)
 

O premiado documentário Budrus (Brasil, 2009, 80min), da cineasta brasileira Júlia Bacha, vai ser exibido nesta quinta-feira no projeto Toda quinta, no Museu das Minas e do Metal – EBX. O filme recebeu mais de 15 prêmios internacionais. No Festival de Berlim, ficou em segundo lugar na preferência do público. Ganhou menção especial no Festival de Tribeca, em Nova York, onde foi ovacionado durante cinco minutos e conquistou fãs como o documentarista Michael Moore e o ator Robert de Niro. A sessão será às 19h30, com entrada franca.

Budrus é um vilarejo localizado na fronteira entre a Cisjordânia e Israel, onde, em 2003, foi realizado um protesto não violento. O motivo era impedir a construção de um muro, proposto pelos israelenses, separando-os dos palestinos. Essa construção destruiria oliveiras históricas e economicamente importantes para a comunidade. Um movimento liderado por Ayed Morrar e sua filha conseguiu unir facções rivais e promover um singelo exemplo de que a paz é possível. O filme de Júlia deu notoriedade ao vilarejo de Budrus e a Morrar, que hoje está à frente da organização The Olives Revolution (Revolução das Oliveiras), que luta sem armas contra a expansão de assentamentos judaicos em território palestino. Carioca, filha de uma libanesa e com residência entre Nova York e Jerusalém, Júlia Bacha acredita “no cinema como ferramenta para transformar a realidade”. Ela trabalha para a Just Visions, organização de apoio a projetos pacíficos de árabes muçulmanos e judeus israelenses, que se unem pelo fim da ocupação dos territórios palestinos e dos conflitos na região. Toda quinta Exibição do documentário Budrus, de Júlia Bacha. Classificação livre. Hoje, às 19h30, no Museu das Minas e do Metal – EBX, Praça da Liberdade s/nº, Prédio Rosa. Entrada franca. Informações: (31) 3516-7200 e 3516-7207.



VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA