Curso sobre documentário apresenta trajetória histórica do gênero

As aulas serão ministradas pelo professor e crítico Ataídes Braga

04/10/2012 10:20

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press
(foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press )
O Registro da imagem: O cinema documentário é o nome do curso que será promovido nesta quinta-feira e nos dias 11, 18 e 25, em Belo Horizonte, com o objetivo de apresentar trajetória histórica das obras do gênero em diferentes países. O curso vai propor discussão sobre as relações entre o filme documentário e o narrativo de ficção e uma investigação das condições que propiciaram o encontro do cinema com a narração, fornecendo análise de filmes representativos nas diversas tendências dentro da tradição do documentário e detectando elementos e estruturas sedimentados no domínio do filme de ficção.
No programa, o realismo e a representação no cinema; análises de filmes de Robert J. Flaherty; Dziga Vertov; Alberto Cavalcanti; John Grierson e Leni Riefenstahl; os grandes documentaristas estrangeiros e brasileiros; e análise de filmes nacionais e estrangeiros.
As aulas serão ministradas por Ataídes Braga, historiador, mestre em cinema, poeta, ator e roteirista, crítico e comentarista de cinema, autor dos livros O fim das coisas – Salas de cinema de Belo Horizonte; Fragmentos de versos e Cachoeira de filmes – O cinema Humberto Mauro como espaço de exibições e resistência. Professor de cinema do Centro Universitário Una, ele é também diretor da Associação dos Artesãos Tagarelas. 
As inscrições estão abertas e o curso é dirigido a estudantes e profissionais de cinema, televisão, comunicação social e ao público em geral. Custo: R$ 50 (por dia). São oferecidas 25 vagas e as aulas serão ministradas na Rua Aimorés, 1.297, sala 101, Bairro Funcionários. Informações: artesaostagarelas@hotmail.com.


VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA