Renda do cinema até final de agosto superou 2011, mas público teve ligeira queda

Na última parcial do ano, filmes nacionais mais vistos foram E Aí, Comeu?, O Diário de Tati e À Beira do Caminho

por Agência Brasil 02/10/2012 13:13

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Divulgação/E aí, comeu?
(foto: Divulgação/E aí, comeu?)

Dados oficiais da Agência Nacional de Cinema (Ancine), divulgados na segunda-feira, indicaram queda de público no cinema brasileiro nas primeiras 34 semanas deste ano. Em 2012, o público foi 97,36 milhões de espectadores, com renda de R$ 1,076 bilhão. Em 2011, o número de pessoas que foram aos cinemas foi 97,95 milhões e a renda foi R$ 1 bilhão em igual período.

O período teve amplo domínio de filmes estrangeiros, que tiveram 93,9% do público e 94,4% da renda. Os resultados em 2011 foram melhores para o cinema nacional, com 85,9% do público e 87,4% da renda ficando com filmes estrangeiros.

Entre 2011 e 2012, a variação do cinema nacional indicou uma queda de 56,8% no público e de 52% de renda. Entre os filmes estrangeiros houve aumento de 8,6% para público e 16,2% na renda. A variação somada entre nacionais e estrangeiros foi queda de 0,6% no público e aumento de 7,6% de renda.

Os resultados, semana a semana, indicam um mês de agosto mais fraco em 2012, com pouca variação na distribuição entre filmes estrangeiros e filmes nacionais.

Na semana 33, de 17 a 23 de agosto, o público medido foi 1,98 milhão de espectadores, sendo 7,4% em filmes brasileiros e 92,6% em estrangeiros. A renda chegou a R$ 21,53 milhões, sendo que 6,7% entre as produções nacionais e 93,3% entre os internacionais. Foram 103 longas exibidos, dos quais 27 nacionais e 76 internacionais. Houve uma média de 24 salas por título entre os filmes brasileiros e de 44 salas por título entre os internacionais.

Os filmes brasileiros mais vistos foram E Aí, Comeu?, À Beira do Caminho e Corações Sujos, com renda somada de R$ 1,3 milhões. Os principais filmes estrangeiros foram O Vingador do Futuro, Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge e Um Divã para Dois. Juntos tiveram cerca de R$ 12 milhões em renda. Em relação à mesma semana do ano passado a média de público nacional caiu 65,6% e a renda, 61,3%.

A última parcial divulgada, referente à semana 34 (24 a 30 de agosto), indicou público de 1,66 milhão de espectadores, com 8% em filmes nacionais e 91,1% em longas estrangeiros. A renda foi R$ 17,82 milhões, dos quais 7,9% brasileiros e 92,1% internacional. Na semana houve 115 títulos exibidos nas salas no país, sendo que 29 eram filmes nacionais e 86 internacionais. A média de salas por título, entre os filmes nacionais, foi 25, enquanto entre os internacionais teve 36 salas por título.

Os filmes nacionais mais vistos foram E Aí, Comeu?, O Diário de Tati e À Beira do Caminho, com renda somada de aproximadamente R$ 1 milhão. Os principais filmes foram O Vingador do Futuro, Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge e O Ditador. Juntos os três filmes tiveram cerca de R$ 9,6 milhões. Em relação à semana 34, no ano passado, a média de público para filmes internacionais diminuiu 53,7% e a renda 35,3%.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA