Astros dos filmes de ação se reúnem em Os mercenários 2

Elenco estelar do gênero promete arrecadação astronômica nos cinemas

31/08/2012 07:44

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Califórnia filmes/divulgação
Sylvester Stallone pretendia dirigir a sequência, mas contentou-se em liderar o elenco (foto: Califórnia filmes/divulgação)

Mesmo antes do lançamento da primeira versão de Os mercenários, os produtores já anunciavam a continuação. Claro, um filme que consegue reunir elenco com nomes como Arnold Schwarzenegger, Jean-Claude Van Damme, Sylvester Stallone, Bruce Willis visto aos olhos dos modos de produção atual, tem quase obrigação de continuar. Está feito, independentemente da existência de boa trama para contar.

 

Veja fotos do filme

 

Pois em Os mercenários 2, Stallone passa o bastão da direção para Simon West (de Con Air – a rota da fuga e Lara Croft: Tomb raider). A história parte do brutal assassinato de Tool (Mickey Rourke) e da nova reunião da turma de mercenários. A busca pela vingança é o que motiva o reencontro. Porém, em paralelo há todos os ingredientes clichês para as tramas de aventura: mocinha sequestrada e, claro, vilão. O papel do mal, por exemplo, caiu nas mãos de Jean-Claude Van Damme. Carisma é o que não falta para esse elenco, afinal, são todos ícones dos anos 1980. Sendo assim, podemos dizer que o roteiro assinado por Richard Wenk e Sylvester Stallone foi quase feito sob medida. Uma característica que tem sido citada nas críticas publicadas pela imprensa internacional é o humor. Mas isso não significa que o longa tenha caído nas graças dos profissionais. Por exemplo, a nota média computada pelo portal IMDb (Internet Movie Database) é 51 em 100. Assim como ocorreu com o primeiro filme da série, Os mercenários 2 reforça o fenômeno dos longas que fazem a crítica internacional torcer o nariz, mas conquistam números expressivos de bilheteria. Como era esperado, Mercenários 2 domina as estreias do fim de semana. Somente em Belo Horizonte entra em cartaz em 30 salas, número que confirma o desejo de acompanhar os números conquistados nos Estados Unidos. Por lá, o longa estreou em 3.555 salas e arrecadou US$ 52 milhões nos primeiros 10 dias em cartaz. Vaivém Sylvester Stallone fez charme sobre a direção de Os mercenários 2. No fim de 2011, o ator anunciou que não estaria atrás das câmeras. Poucos dias depois, mudou de ideia e divulgou que sim, comandaria o longa. No fim das contas, essa foi a tarefa de Simon West.

 

Assista ao trailer:



VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA