Multitarefa, diretor Ridley Scott vai adaptar pseudodocumentário apocalíptico para os cinemas

The Day Britain Stopped mostra como a ação humana desencadeia colapso

por Fernanda Machado 26/07/2012 16:15

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
AFP PHOTO / ANDREW COWIE
(foto: AFP PHOTO / ANDREW COWIE )
O diretor Ridley Scott (Prometheus, Alien, Blade Runner) e o roteirista Steve Zaillian (American Gangster, Millennium - Os Homens que Não Amavam as Mulheres) vão produzir uma adaptação cinematográfica do pseudodocumentário The Day Britain Stopped, segundo o site The Hollywood Reporter.

A dupla busca alguém para fazer o argumento do projeto. The Day Britain Stopped foi escrito e realizado por Gabriel Range, tendo sido inicialmente exibido na BBC2. O enredo do telefilme centrava-se num desastre ficcional, em que uma greve dos comboios e um acidente de trem desencadeiam uma série de eventos que levam ao colapso do sistema de transportes do Reino Unido.

A ideia de Scott e Zaillian é mostrar os efeitos de um desastre provocado pelo homem, que acaba por causar uma catástrofe global. A produção ainda não conta com um cronograma definido, mas, segundo o Hollywood Reporter, os direitos da atração já foram adquiridos pela Fox.

Scott está envolvido ainda na direção de Prometheus 2 e na biografia para os cinemas da escritora, política, arqueóloga e espiã britânica Gertrude Bell, que será estrelada por Angelina Jolie.

Outra novidade referente aos trabalhos de Scott é que o ator Dean Norris, atualmente conhecido por seu papel na série Breaking Bad, foi confirmado no elenco de The Counselour. O filme toma como base um roteiro original de Comarc McCarthy, escritor de Onde Os Fracos Não Têm Vez.

O protagonista é Michael Fassbender e o elenco de The Counselor conta ainda com Brad Pitt, Javier Bardem e Jeremy Renner. Natalie Portman, Angelina Jolie, Cameron Diaz e Penelope Cruz também foram cotadas. A história mostra um respeitado advogado que acredita poder experimentar o mundo das drogas sem se afundar.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA