Mad Men domina as indicações para o Emmy 2012

Produção disputa com Boardwalk Empire, Breaking Bad, Downton Abbey, Game of Thrones e Homeland o prêmio de Melhor Série Dramática

por AFP - Agence France-Presse 19/07/2012 16:25

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
REUTERS/Frank Ockenfels/AMC
(foto: REUTERS/Frank Ockenfels/AMC)
Mad Men
dominou nesta quinta-feira as indicações para a premiação do Emmy, o Oscar da Tv americana, um êxito para a série que explora a temática dos anos 1960 e por pouco não foi cancelada antes do lançamento de sua quinta temporada neste ano. Mad Men disputa com Boardwalk Empire, Breaking Bad, a britânica Downton Abbey, Game of Thrones e Homeland pelo título de Melhor Série Dramática, mas, ao contrário de suas concorrentes, figura entre todas as nove categorias relacionadas a seriados dramáticos. As indicações para os melhores da televisão americana foram anunciadas on-line em um horário não tão 'nobre' - às 8h40 local (9h40 no horário de Brasília). A noite da premiação, que terá como anfitrião o comediante Jimmy Kimmel, está marcada para 23 de setembro. Ambientada em uma agência de publicidade de Nova York em uma década de grandes transformações sociais, Mad Men já está marcada no livro dos recordes da televisão como o único programa da história a vencer o Emmy de Melhor Série Dramática em cada ano em que esteve no ar. A série, que voltou para a sua quinta temporada em março, quase acabou no ano passado, quando chegar a um acordo sobre um novo contrato entre o criador Matthew Weiner, a produtora Lionsgate e a emissora a cabo AMC parecia uma tarefa impossível. Weiner, que em certo momento abandonou as negociações, lutou com unhas e dentes contra as tentativas do conselho administrativo de reduzir o orçamento do programa, que, apesar de seu status, nunca gerou grande receita em publicidade. Entre os muitos indicados em Mad Men, estão Jon Hamm, como Melhor Ator, Elisabeth Moss, como Melhor Atriz, Jared Harris, como Melhor Ator Coadjuvante, e Christina Hicks, como Melhor Atriz Coadjuvante. Concorrendo ao prêmio de Melhor Série de Comédia, estão The Big Bang Theory, que, mesmo após cinco temporadas no ar na emissora CBS, continua sendo um dos sitcoms mais aclamados da TV americana, assim como Curb Your Enthusiasm, Modern Family, 30 Rock e as novatas Girls e Veep. Novo sucesso da Fox, a comédia New Girl não conseguiu a indicação, mas sua protagonista, Zooey Deschanel, que dá vida a uma professora desajeitada que divide apartamento com três homens, conseguiu se destacar com uma indicação como Melhor Atriz de Comédia. A estrela e criadora de Girls, Laura Dunham, uma nova-iorquina de seus vinte e poucos anos não tão diferente de sua personagem no programa, foi indicada para Melhor Atriz de Comédia, Melhor Diretor em Comédia e Melhor Roteiro para Série de Comédia. Para o prêmio de Melhor minissérie ou filme para a TV, foram indicadas American Horror Story, Game Change, Hatfields and McCoys, Hemingway and Gellhorn, Luther e Sherlock: A Scandal in Belgravia. American Horror Story, que será vivida em um hospício dos anos 1960 quando estrear sua segunda temporada no FX, também teve uma indicação para Melhor Atriz (Connie Britton), uma para Melhor Ator Coadjuvante (Denis O'Hare) e duas para Melhor Atriz Coadjuvante (Frances Conroy and Jessica Lange.) Na corrida para Melhor Reality Show, estão The Amazing Race, Dancing with the Stars, Project Runway, So You Think You Can Dance, Top Chef e The Voice. American Idol, pilar da indústria da música nos Estados Unidos ao longo de suas 11 temporadas, ficou de fora da disputa, em um momento conturbado após a saída dos juízes Jennifer Lopez e Steven Tyler. O representante do reality show na noite de 23 de setembro será seu apresentador, Ryan Seacrest, que figura entre os indicados para Melhor Apresentador de Reality Show ou Programa de Competição - assim como Betty White, ainda forte aos 90 anos, por Betty White's Off Their Rockers.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA