O ator irlandês Colin Farrel está no Brasil para divulgar a nova versão da ficção científica O vingador do futuro

Filme é dirigido por Len Wiseman e tem estreia marcada para 17 de agosto

por Ana Clara Brant 13/07/2012 09:35

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Sony Pictures/Divulgação
Colin Farrel em O vingador do futuro, no papel que já foi de Arnold Schwarzenegger (foto: Sony Pictures/Divulgação)
 
Sabe aquele sujeito que você tem vontade de convidar para tomar um chope ou quem sabe uma caipirinha e bater um papo descontraído? Esse é Colin Farrel, de 36 anos, ator que está no Brasil esta semana para divulgar sua mais nova empreitada, o remake de O vingador do futuro, que tem data de estreia em 17 de agosto. 
Como um típico irlandês que sempre adorou beber, há sete anos Farrel abandonou o álcool e chegou a brincar durante a coletiva para a imprensa brasileira, ontem, em um hotel em Copacabana, no Rio de Janeiro, que a culpa da abstinência é da caipirinha que bebeu no passado. “Foi essa uma das razões que me fizeram parar de beber. Tinha muito açúcar”, justificou o sempre bem-humorado astro.
Com jeito bem despojado, camiseta aberta até o peito, correntes e brincos, o artista falou de como foi trabalhar na produção que protagoniza ao lado de Kate Beckinsale e de Jessica Biel. Colin Farrel, que atuou em filmes como Alexandre, Minority report e O novo mundo, declarou que sente a responsabilidade de fazer um longa-metragem que foi sucesso no passado e estrelado por Arnold Schwarzenegger, nos anos 1990, mas que está com grandes expectativas. 
O fator determinante para a aceitação do papel, garante, foi o bom roteiro. “Confesso que fiquei um pouco hesitante no começo, porque era a mesma história, os mesmos diálogos, mas claro que com algumas modificações. Além do mais, a nova versão é menos violenta”, enfatizou. 
Farrel lembrou que chegou a ligar para Schwarzenegger para falar sobre O vingador do futuro, mas sempre sem muito êxito. "Tentei ligar milhares de vezes para Arnold, mandei torpedos, mensagens e ele nunca me respondeu. Acho que ele não se importa com esse remake", brincou
O ator acrescentou que o filme dirigido por Len Wiseman, que aliás é marido de Kate Beckinsale, exigiu muito fisicamente e que procurou usar o mínimo possível de dublês. "As cenas de ação são sempre muito engraçadas. Fiz o máximo que pude, até onde meu seguro deixou ", disse.
BRASIL Filho de um ex-jogador de futebol, Colin Farrel revelou que quando era adolescente chegou a pensar em atuar nas quatro linhas, mas que nunca chegou a ter um time ou jogador favorito. Solteiro, o ator comentou até sobre o biquíni das brasileiras, sobre o colorido do Rio de Janeiro e sobre sua ida a uma churrascaria da cidade. "O que acho sobre o biquíni das brasileiras? Nossa, a minha cara já diz o que acho e não me importaria se minha namorada usasse um modelo desses”, contou entre risadas o artista nascido em Dublin.
* A repórter viajou a convite da Sony Pictures.


VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA