Ainda é carnaval em BH.... Bloco Filhas de Clara agita foliões no Bairro Renascença

Composto somente por mulheres, o bloco, criado este ano, é uma homenagem à cantora Clara Nunes

por Elizabeth Colares 10/03/2019 19:13
Wilson Cristovam/Divulgação
Fátima Santana, curtiu o Bloco Filhas de Clara, que desfilou no Renascença, domingo pós-carnaval (foto: Wilson Cristovam/Divulgação )
Nem mesmo a chuva na tarde deste domingo em BH desanimou os foliões que queriam curtir os últimos momentos do ressacão nos vários blocos espalhados pela cidade. Logo cedo, a concentração do Bloco Ressaca de carnaval da Lagoinha atraiu adeptos de várias partes. Mas a festa começou mesmo desde sábado, com os participantes insistindo em não deixar o carnaval acabar. “Estamos tomando fôlego para o carnaval do ano que vem”, disse Márcio Gomes, que veio de Campinas (SP) só para aproveitar a festa.

“É uma festa maravilhosa”, disse a cantora Aline Calixto, criadora do Bloco Filhas de Clara, que desfilou na Avenida Claras Nunes, no Renascença. Composto somente por mulheres, o bloco, criado este ano, é uma homenagem à cantora Clara Nunes. “A Clara Nunes é referência para o meu trabalho. É uma referência para toda a geração do samba”, afirmou Aline Calixto, que estava feliz por levar as músicas da sambista à legião de fãs que se aglomeraram desde as 13h para seguir o cortejo por toda a avenida.

Fã desde a infância, Maria Cristina do Nascimento se vestiu a caráter – como muitas outras mulheres no local – para “aproveitar muito” a folia. Ela e o marido, César Lúcio, vieram de Contagem somente para participar do bloco. “Vou cantar, vou dançar e vou chorar. É muita emoção”, disse Maria Cristina.

“Além de fã da Clara, a qualidade musical do bloco é muito boa. Vou seguir até o final”, afirmava a foliã Fátima Santana (Fatinha), que esbanjava alegria, apesar de estar com os movimentos limitados.

No arrastão da alegria, não faltaram também os ambulantes, que apostaram suas fichas no último dia da festa, para fazer uma graninha compensadora. Caso de Dayse dos Santos, de 39 anos, e há cinco atuando no carnaval. O segredo para vender, ela revela: “tem que estar no lugar certo, na hora certa”. Segundo ela, neste domingo faria uma liquidação do estoque de cervejas artesanais, pois não teve muito sucesso durante o carnaval em razão de o carrinho ter quebrado. “Mas mesmo assim não posso reclamar. No geral foi muito bom”, reconheceu.

Também ocorreu neste domingo o Fecha A Santa,  É Isso Mesmo, Produção?, Minha Mulher Deixa Não, Bloco Todo Carnaval tem Bonfim entre outros. 


['__class__', '__cmp__', '__contains__', '__delattr__', '__delitem__', '__dict__', '__doc__', '__eq__', '__format__', '__ge__', '__getattribute__', '__getitem__', '__gt__', '__hash__', '__init__', '__iter__', '__le__', '__len__', '__lt__', '__module__', '__ne__', '__new__', '__reduce__', '__reduce_ex__', '__repr__', '__setattr__', '__setitem__', '__sizeof__', '__str__', '__subclasshook__', '__weakref__', 'clear', 'copy', 'fromkeys', 'get', 'has_key', 'items', 'iteritems', 'iterkeys', 'itervalues', 'keys', 'pop', 'popitem', 'request', 'setdefault', 'update', 'values', 'viewitems', 'viewkeys', 'viewvalues']

MAIS SOBRE CARNAVAL