Nesta quarta teve Assembleia Geral no Condomínio BH, Chama o Síndico

O Bloco Chama o Síndico desfilou pela Região Centro-Sul da capital e animou mais de 20 mil foliões ao som de Tim Maia e Jorge Ben Jor

por Fernanda Machado 12/02/2015 16:41


ATA DE ASSEMBLEIA GERAL DE CONDOMÍNIO

CONDOMÍNIO: Belo Horizonte             

Em 11 de fevereiro de 2015, às 18 horas, na Praça da Liberdade, situada na Região Centro-Sul da capital do Estado de Minas Gerais, foi realizada reunião em assembleia geral do condomínio Belo Horizonte, a qual compareceram, ou foram devidamente representados mais de 20 mil foliões que chamaram o SÍNDICO a plenos pulmões.

Todos os CONDÔMINOS deste condomínio foram convocados com a antecedência de apenas 18 horas, para a realização desta assembleia geral, mediante aviso na página do Bloco no Facebook, que foi compartilhada entre os amantes da festa de Momo e alcançou todos os cantos da cidade.

O SÍNDICO, Sebastião Rodrigues Maia, conhecido como Tim Maia, não estava presente. Seus representantes iniciaram a assembleia fora do horário supra, já que as Kombis que traziam o som atrasaram. Quando enfim o automóvel chegou, os representantes do SÍNDICO solicitaram aos CONDÔMINOS que comparecessem à rua que fica a direita de quem olha para o Palácio da Liberdade.

DAS DISCUSSÕES DOS ASSUNTOS EM PAUTA

Executadas as formalidades iniciais, como uma rápida passagem de som e ligeiro aquecimento da Bateria, um dos três PRESIDENTES da assembleia, mais especificamente o que trajava um macacão verde e um chapéu de crocodilo bradou: “Vai começar!”. A proposta foi aceita por unanimidade.

Em seguida, foi colocado em execução a música que também é uma espécie de hino do Condomínio. A canção é conhecida como W/Brasil. É importante que se registre nessa ata que a música/hino em questão é de autoria do CONDÔMINO Jorge Duílio Lima Meneses, conhecido como Jorge Ben Jor, que além dessa bela canção é autor de varias outras entoadas com alegria e entusiasmo por todos os presentes e ausentes também. Por esse motivo, ficou determinado, por unanimidade, o seguinte: nesta reunião os homenageados seriam o SÍNDICO (Tim Maia) e o CONDÔMINO em questão (Jorge Ben Jor).

DAS DISCUSSÕES SOBRE OS ASSUNTOS GERAIS

Terminado a ordem do dia e começada a ordem da noite, foram colocados em execução os demais sucessos dos homenageados. Às 21 horas os CONDÔMINOS ali reunidos começaram a se deslocar em direção à Avenida João Pinheiro. Ressalta-se: devido ao grande número de pessoas presentes na reunião, o deslocamento foi lento e no ritmo suingado que as canções ditavam.

A palavra foi concedida várias vezes durante o percusso àqueles que dela quiseram fazer o uso para cantar ou mesmo para declamar versos de interesse do condomínio. Chegando à Avenida Afonso Pena, uma das Kombis, que levavam amplificadores para que as canções fossem ouvidas, estragou. Não existindo outro modo de prosseguir, os presentes resolveram empurrar a supra mencionada até ponto final do desfile, a Praça da Estação, sem parar de cantar um minuto. Nesse momento, o horário previsto para o término da reunião já tinha passado, e novamente por decisão unânime ficou resolvido que o Bloco seguiria até completar todo o trajeto. Assim foi feito. Assim foi lindo.
Vitor Colares
Foliões empurram Kombi no Bloco Chama o Síndico (foto: Vitor Colares)

Faz-se aqui uma menção especial à participação dos membros da bateria, ao pessoal dos metais, à galera das cordas, aos vocais e à todo o Sindicato ali reunido.         

Belo Horizonte, 11 de Fevereiro de 2015   

Nota 1. Esta ata será regida pelo disposto na Lei do carnaval.

Por Vitor Colares

Veja também: Bloco TremaConcurso de MarchinhasMamá na Vaca e Santo BandoMe beija que eu sou pagodeiro

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CARNAVAL