Restaurante em BH exibe exposição 'Pulmão do Mundo' com obras sobre a pandemia

O grupo 'Contemporânea Confraria Arte e Design' reúne artistas da capital e receberam um desafio de pintar sobre o período da pandemia

Thiago Miranda
Obras de arte da exposição 'Pulmão do Mundo' exibidas no restaurante Casa dos Contos, em BH (foto: Thiago Miranda)
O Restaurante Casa dos Contos, localizado na Rua Rio Grande do Norte, na capital mineira, abriu espaço para a exposição “Pulmão do Mundo”. No total, são 19 obras feitas durante a quarentena em razão da pandemia do novo coronavírus. As obras vão ficar expostas até 24 de novembro.

A Galeria de Arte do restaurante estava fechada desde o início da pandemia do novo coronavírus, em março. A curadora, Fátima Mirandda, conta que sugeriu ao gerente do estabelecimento a ideia de fazer um retorno que pudesse representar este período conturbado. 

“Desde março que a gente não realiza nenhuma exposição lá, os artistas adoram o espaço e ele respira arte. Estava fazendo muita falta. Então, eu propus ao gerente de fazer uma exposição que remete ao período de pandemia”, explicou. 

Com isso, a idealizadora, Lucilene Bredoff, explica como foi o processo de seleção das obras. “Lancei um desafio dentro do grupo ‘Contemporânea Confraria Arte e Design’, no qual administro. Sugerimos o tema ‘Pulmão do Mundo’, para mostrar o momento da pandemia de forma leve, com cores e esperança de superação”, conta.
 
Pulmão do Mundo/Divulgação
Fatima Mirandda e Lucilene Bredoff, curadoras (foto: Pulmão do Mundo/Divulgação)

De acordo com as responsáveis pela exposição, o nome surgiu a partir de uma análise profunda sobre o próprio órgão,  principal atacado pelo vírus. “Temos o pulmão do mundo que é a Amazônia e as algas que são grandes responsáveis também pelo nosso ar que respiramos, responsável pelo ar puro consumido pelo mundo inteiro. Porém, baseado no fato de que o pulmão é o órgão responsável pela respiração, dentro desse tema eu almejei que os artistas criassem algo positivo”, analisa. “Devido à contaminação do ar por um vírus e, que até o momento não foi descoberta uma vacina, mas temos esperança. Portanto, a ideia foi conceber a transformação desse pulmão através da arte, sendo que cada participante criou sua própria representação artística”, conclui.

No total, 19 artistas participam da exposição: @dricascoimbra; @angelacosta.artista; @alineguerra12; @fatimamiranddaoficial; @fred_samotta; @henrique_piantino;  @hyvall_hyvanildo_leite; @ivonebeoli; @mariailcemaia; @luabreu_artistaplastica,  @marcossesteves, @mariaterezapenna,  @milaaarte, @naduartwork; @raquellimaarte; @reginamoraes_artes; @rodrigo.eloi; @willsonmendonca; @lucilenebredoff_interiores; @lucilenebredoff; @contempiraneaarteedsign.
 
 
Ver galeria . 8 Fotos Lucilene Bredoff ao lado das obras de Fatima Mirandda, Raquel Lima e Marcos EstevesThiago Miranda/Divulgação
Lucilene Bredoff ao lado das obras de Fatima Mirandda, Raquel Lima e Marcos Esteves (foto: Thiago Miranda/Divulgação )

Por causa da pandemia, algumas medidas de seguranças devem ser tomadas. Para participar da exibição, os interessados devem marcar um horário de visita pelo telefone (31) 3261-5853. As obras também vão ser disponibilizadas no Facebook e Instagram do “Contemporânea Arte e Design”. 
 
 

Exposição 'Pulmão do Mundo' 
Endereço: rua Rio Grande do Norte, n° 1.065, Funcionários - Belo Horizonte
Local: Casa dos Contos
Data: até 24 de novembro
Horário:  de segunda-feira à domingo, das 11h às 22h
Para agendar horário: (31) 3261-5853 
 
* Estagiárias sob supervisão da subeditora Ellen Cristie.   

MAIS SOBRE ARTES-E-LIVROS