'Time dos sonhos' da mágica se apresenta em BH neste domingo (18)

Comandada por Gabriel Louchard, trupe tem Christopher Hart, o Mãozinha da Família Addams, e os franceses Norbert Ferré e Moulla, além da dupla brasileira Vik e Fabrini

por Renan Damasceno 18/08/2019 06:00
Alessandra Tolc/divulgação
Gabriel Louchard diz que o Brasil é carente em espetáculos de mágica (foto: Alessandra Tolc/divulgação)
Há cerca de seis meses, o mágico e comediante carioca Gabriel Louchard começou uma viagem pelo mundo em busca de grandes nomes do ilusionismo. Objetivo: montar o “time dos sonhos da mágica” e trazer esses artistas, muitos pela primeira vez, para um espetáculo no Brasil.

Louchard conversou com cada um deles, falou sobre seu desejo e da falta de tradição do país em apresentações do gênero. Como num passe de mágica, reuniu alguns dos ilusionistas mais premiados e respeitados do planeta.

Neste domingo (18), Louchard e grande elenco desembarcam em Belo Horizonte com Ilusões – Festival Internacional de Mágicas, atração das 19h no Teatro Sesiminas. Entre os convidados estão o canadense Christopher Hart, que deu vida ao personagem Mãozinha do filme A família Addams, e Norbert Ferré, vencedor do prêmio da Federação Internacional de Sociedades Mágicas (Fism), a Copa do Mundo do ilusionismo.

CARÊNCIA  

“É um espetáculo novo. Nós nos apresentamos no Rio de Janeiro e começamos a rodar o Brasil – Fortaleza, Brasília e, agora, Belo Horizonte. Viajando pelo país com meu show anterior, vi que aqui há carência em apresentações de mágica, tão tradicionais em Las Vegas, nos Estados Unidos, e na Europa. Pensei: está na hora de fazer uma megaprodução para levar o ilusionismo ao país”, diz Louchard, conhecido por misturar mágica e stand-up. Ele apresenta o programa Truque de humor no canal Multishow.

Um dos principais atrativos de Ilusões é a diversidade. Em pouco mais de uma hora, o público verá números de mágica cômica, tecnológica e tradicional, mentalismo, escapismo e ilusões. O espetáculo tem direção de Louchard em parceria com Pedro Antonio, diretor de programas de TV como Lady Night, apresentado por Tatá Werneck no Multishow e na TV Globo.

"Ilusões é um show para todos os públicos. Dos 8 aos 80, como costumo dizer. No Rio, tivemos plateia bem eclética e com um envolvimento surpreendente, pois os números são interativos. Mesmo os mais céticos acabam se surpreendendo”, conta Louchard.

Alessandra Tolc/divulgação
Christopher Hart e a famosa mãozinha. No filme 'A família Addams', a personagem dividiu a cena com Raul Julia (foto: Alessandra Tolc/divulgação)

Paramount/Divulgação
Raul Julia (foto: Paramount/Divulgação )


MÁGICA E COMÉDIA 

Também ator e comediante, Gabriel Louchard começou a fazer mágica aos 10 anos. Ficou conhecido por apresentações que combinam ilusionismo e humor. Há oito anos está em cartaz com a peça Como é que pode?, dirigida por Leandro Hassum, que atraiu cerca de 1 milhão de espectadores.

“Aos 12 anos, já era mágico profissional. Foi quando comecei a me envolver com teatro e comédia. Fui construindo minha carreira juntando tudo isso”, conta Louchard, que desde jovem também se apresenta em programas de televisão.

“A comédia ajuda muito a fazer mágica, pois o improviso quebra um pouco o gelo, especialmente com as crianças, que estão ali tentando de todas as formas descobrir como você fez aquilo”, brinca Louchard.

Um 'Addams' entre nós

Entre os destaques do espetáculo Ilusões está a “mão flutuante” de Christopher Hart, de 58 anos. Hart deu vida ao célebre personagem Mãozinha em três filmes da Família Addams, na década de 1990.

Instigado pelo mundo da mágica ainda criança, o canadense Hart se estabeleceu em Las Vegas. Seu talento e a velocidade com as mãos chamaram a atenção do renomado ilusionista e escapista David Copperfield, com quem trabalhou.

Também estará em BH o francês Norbert Ferré, um dos manipuladores mais competentes do mundo. Com seus baralhos e bolas, ele ficou conhecido por aliar humor à destreza manual. Outro destaque francês é o jovem Moulla, que mescla ilusionismo e tecnologia em suas apresentações – a interação com um grande painel de LED é um dos destaques do show.

Também se apresentarão os brasileiros Vik e Fabrini, que exibem o mesmo número há 37 anos. Combinando magia e mímica, a dupla foi atração em palcos de mais de 40 países. A performance rendeu a ela o Leão de Ouro, em Las Vegas, e um respeitado prêmio da Federação Internacional de Sociedades Mágicas.

“Minha intenção foi montar um espetáculo eclético, das apresentações mais clássicas, como Vik e Fabriki, que estão na estrada há décadas, ao que tem de mais novo, como o show do Moulla”, diz Louchard. Depois de Rio de Janeiro, Fortaleza, Brasília e Belo Horizonte, o espetáculo parte para São Paulo e Curitiba.

ILUSÕES – FESTIVAL INTERNACIONAL DE MÁGICAS
Neste domingo (18), às 19h. Teatro Sesiminas. Rua Padre Marinho, 60, Santa Efigênia. Inteira: R$ 60 e R$ 80. Meia-entrada na forma da lei. Informações: (31) 3241-7181.

['__class__', '__cmp__', '__contains__', '__delattr__', '__delitem__', '__dict__', '__doc__', '__eq__', '__format__', '__ge__', '__getattribute__', '__getitem__', '__gt__', '__hash__', '__init__', '__iter__', '__le__', '__len__', '__lt__', '__module__', '__ne__', '__new__', '__reduce__', '__reduce_ex__', '__repr__', '__setattr__', '__setitem__', '__sizeof__', '__str__', '__subclasshook__', '__weakref__', 'clear', 'copy', 'fromkeys', 'get', 'has_key', 'items', 'iteritems', 'iterkeys', 'itervalues', 'keys', 'pop', 'popitem', 'request', 'setdefault', 'update', 'values', 'viewitems', 'viewkeys', 'viewvalues']

MAIS SOBRE ARTES-E-LIVROS