Jornalista Régis de Godoy-Rocha lança o romance 'A mão e o açoite'

Livro do brasiliense tem história ambientada nos anos 1940 em cidade fictícia inspirada pelo município mineiro de Araguari, segundo as lembranças de infância do autor

por Estado de Minas 10/08/2019 09:35
Acervo Pessoal/Régis Godoy-Rocha
O jornalista brasiliense Régis de Godoy-Rocha se inspirou na cidade mineira de Araguari para criar a fictícia São José das Nuvens em seu romance de estreia (foto: Acervo Pessoal/Régis Godoy-Rocha)

O jornalista e escritor brasiliense Régis de Godoy-Rocha estreia no gênero romance com A mão e o açoite, um drama familiar ambientado na segunda metade dos anos 1940, na fictícia cidade de São José das Nuvens. Godoy-Rocha conta que criou o cenário inspirado no município mineiro de Araguari, onde, na infância, ficava fascinado pelas gravuras de O minotauro, de Monteiro Lobato, que seu avô materno lhe apresentava, num dos volumes da biblioteca da casa da família na cidade mineira. “Os prédios, a distribuição das ruas (no livro), foi tudo puxado de Araguari”, afirma.

A história apresenta “dois personagens que são biográficos: (os irmãos) Luiz Alberto e Herculano. Eles são parte da minha própria personalidade”, diz o autor. “Esse livro acabou sendo uma metáfora sobre o narcisismo. Uma personalidade pode se dividir em duas distintas sobre um mesmo fato.”

Em A mão e o açoite, Luiz Alberto amadurece sob intensos conflitos que surgem na família, deixando nele uma intensa sensação de solidão. O protagonista e o irmão se enfrentam ao reagir de modos muito distintos a tragédias familiares e episódios de traição e perda.

Régis de Godoy-Rocha promoveu uma tarde de autógrafos em sua cidade natal em julho. Neste mês, ele lança o volume em São Paulo e, em setembro, autografa a obra no estande da Chiado Editorial na Bienal do Livro, no Rio de Janeiro. “Fico muito alegre, é uma vitória conseguir botar um fim no livro depois de mais de dois anos escrevendo. Escrever sem saber o final – pois os personagens vão se desenvolvendo – e publicar – ver o livro em três dimensões – e poder passar para outras pessoas, que vão ler e entrar no mundo que você criou, é uma gratificação muito grande”, afirma.

O autor já prepara uma nova obra, desta vez um livro de contos, com previsão de lançamento para o próximo ano.

A mão e o açoite 
•Régis de Godoy-Rocha
•Chiado Editorial 
•544 págs 
•R$ 43



['__class__', '__cmp__', '__contains__', '__delattr__', '__delitem__', '__dict__', '__doc__', '__eq__', '__format__', '__ge__', '__getattribute__', '__getitem__', '__gt__', '__hash__', '__init__', '__iter__', '__le__', '__len__', '__lt__', '__module__', '__ne__', '__new__', '__reduce__', '__reduce_ex__', '__repr__', '__setattr__', '__setitem__', '__sizeof__', '__str__', '__subclasshook__', '__weakref__', 'clear', 'copy', 'fromkeys', 'get', 'has_key', 'items', 'iteritems', 'iterkeys', 'itervalues', 'keys', 'pop', 'popitem', 'request', 'setdefault', 'update', 'values', 'viewitems', 'viewkeys', 'viewvalues']

MAIS SOBRE ARTES-E-LIVROS