CCBB abre mostra do processo criativo da DreamWorks nesta quarta (15)

Exposição mostra como foram feitos os 36 longas de animação do estúdio e inclui seções interativas

por Ana Clara Brant 15/05/2019 08:00

 


O CCBB-BH (Praça da Liberdade, 450, Funcionários. (31) 3431-9400) inaugura nesta quarta-feira (15) a mostra "DreamWorks Animation: A Exposição – Uma jornada do esboço à tela", que repassa a criação dos 36 longas de animação produzidos pelo estúdio ao longo de 25 anos.

A girafa Melman e os pinguins de Madagascar dão as boas vindas aos visitantes. São 400 itens, entre desenhos raros, storyboards, modelos gigantes de personagens, maquetes em 3D, cartazes, máscaras, mapas, fotografias, pôsteres, pinturas e artes originais.

Jair Amaral/EM/D.A.Press
Mostra ficará aberta à visitação em BH até 29 de julho (foto: Jair Amaral/EM/D.A.Press)


Há também vídeos de entrevistas com profissionais e imagens de bastidores de seu trabalho. A seção interativa disponibiliza telas nas quais o público pode criar sua animação ou modificar o semblante de determinado personagem.

No pátio, um cinema em 180 graus foi montado para que o visitante pegue carona com Banguela, estrela de "Como treinar o seu dragão", para um sobrevoo à Ilha de Berk. São três minutos de uma experiência muito interessante e curiosa.

 

A mostra, feita em parceria com o estúdio de animação, já percorreu Canadá, Coreia do Sul, México, Nova Zelândia, Cingapura e Taiwan. No Brasil, passará apenas pelo Rio de Janeiro e Belo Horizonte.

"Só no Rio tivemos 600 mil pessoas e foi um dos maiores públicos da história do CCBB carioca. Muita gente que visitou a mostra nunca tinha ido ao Centro Cultural e muito menos a um museu. Personagens de Shrek, Kung Fu Panda e Como treinar o seu dragão conseguiram esse feito. Imagino que na capital mineira os números devam também ser elevados", diz a canadense Jennifer McLaughlin, produtora-executiva da exposição.

O recorde de público de uma exposição no CCBB-BH pertence a "Comciência", de Patricia Piccinini, que em 2016/2017 atraiu 312 mil visitantes.

"DreamWorks Animation: A Exposição – Uma jornada do esboço à tela" é dividida em seções. Em "Characters" é possível apreciar a evolução dos personagens, desde o conceito original dos desenhos às personalidades totalmente construídas. Em "Story" o visitante vai conferir o processo de construção de uma história completa, da inspiração ao desfecho.

Uma sala é dedicada às trilhas sonoras de filmes como "Formiguinhaz" (1998), primeiro longa da DreamWorks Animation, "A fuga das galinhas" e "Trolls" (2016), vencedor do Grammy. Ali é possível não só ouvir as canções, como conferir as partituras reais.

A exposição fica em cartaz até 29 de julho, com visitação gratuita, de quarta a segunda, das 10h às 22h.

 

['__class__', '__cmp__', '__contains__', '__delattr__', '__delitem__', '__dict__', '__doc__', '__eq__', '__format__', '__ge__', '__getattribute__', '__getitem__', '__gt__', '__hash__', '__init__', '__iter__', '__le__', '__len__', '__lt__', '__module__', '__ne__', '__new__', '__reduce__', '__reduce_ex__', '__repr__', '__setattr__', '__setitem__', '__sizeof__', '__str__', '__subclasshook__', '__weakref__', 'clear', 'copy', 'fromkeys', 'get', 'has_key', 'items', 'iteritems', 'iterkeys', 'itervalues', 'keys', 'pop', 'popitem', 'request', 'setdefault', 'update', 'values', 'viewitems', 'viewkeys', 'viewvalues']

MAIS SOBRE ARTES-E-LIVROS