Mostra de vídeodança é a atração desta quarta no Sesc Palladium

Realizado em celebração dos 18 anos da Quick Cia. de Dança, evento traz produtos artísticos que misturam elementos do audiovisual e do espetáculo teatral

por Carolina Cassese* 13/11/2018 20:08

Comemorando 18 anos de existência, a Quick Cia de Dança realiza, nesta quarta-feira (14), o evento Mostra de Vídeo-Dança, com exibição de nove produções realizadas pelo grupo mineiro em parceria com artistas do audiovisual. “O vídeo permite múltiplas possibilidades. A partir de uma boa ideia e de um conceito criativo, você consegue produzir um ótimo conteúdo”, afirma Rodrigo Quick, que, em 2000, fundou a companhia em conjunto com sua esposa, a bailarina  Letícia Carneiro. Ex-integrantes do Grupo Corpo, os dois tinham o intuito de realizar trabalhos de cunho autoral.

A exibição, que ocorre às 19h, no Teatro de Bolso do Sesc Palladium, contará também com performance em tempo real do artista Sandro Miccoli e com uma roda de conversa sobre a produção de vídeo-dança no Brasil. O gênero, explica Rodrigo, é um produto híbrido que traz elementos do audiovisual e do espetáculo teatral. Diferencia-se do simples registro de uma apresentação de dança por exigir uma adaptação da linguagem do palco para a tela.

“Aproximar o público dessa nova forma de comunicação é um dos intuitos do evento. Existem muitos artistas que produzem vídeo-dança em Belo Horizonte, mas temos pouco espaço para exibir e discutir o conteúdo. É uma área nova no Brasil, que ainda precisa de incentivo”, diz o coreógrafo. Para Letícia, esse tipo de produção é uma maneira de democratizar as artes cênicas: “O audiovisual circula com mais facilidade. Dessa forma, a dança se torna mais acessível”.
A companhia, que tem nove espetáculos no repertório, realiza ainda projetos sociais. Com sede no Jardim Canadá, o Quick Cidadania é uma iniciativa que, com parceria do poder público local, oferece oficinas de dança, música, artes plásticas e percussão para crianças da comunidade. As aulas ocorrem regularmente. “A educação não se dá apenas pelo ensino tradicional. Atividades culturais auxiliam na disciplina, na inteligência, até mesmo no desempenho escolar. A formação completa também vem por meio da arte”, garante Rodrigo. O espaço físico do Quick Cidadania foi ampliado em 2006, ano em que adolescentes também passaram a ser auxiliados pelo projeto.

O coreógrafo ressalta que, em tempos de pouco incentivo à cultura, o artista precisa se desdobrar para realizar seu trabalho. “Temos o papel da resistência, que é bem importante, especialmente nesse momento que o Brasil atravessa. O artista é obrigado a pensar constantemente em estratégias para se manter. Neste ano, por exemplo, a companhia passou o ano inteiro praticamente sem patrocínio. Tivemos que nos virar”, diz. Segundo Rodrigo, a melhor resposta para o ataque à cultura é justamente não parar: “Trabalhar em momentos difíceis exige o dobro da criatividade. Continuar acreditando na arte é um ato político”. 

Youtube/reprodução
(foto: Youtube/reprodução)



['__class__', '__cmp__', '__contains__', '__delattr__', '__delitem__', '__dict__', '__doc__', '__eq__', '__format__', '__ge__', '__getattribute__', '__getitem__', '__gt__', '__hash__', '__init__', '__iter__', '__le__', '__len__', '__lt__', '__module__', '__ne__', '__new__', '__reduce__', '__reduce_ex__', '__repr__', '__setattr__', '__setitem__', '__sizeof__', '__str__', '__subclasshook__', '__weakref__', 'clear', 'copy', 'fromkeys', 'get', 'has_key', 'items', 'iteritems', 'iterkeys', 'itervalues', 'keys', 'pop', 'popitem', 'request', 'setdefault', 'update', 'values', 'viewitems', 'viewkeys', 'viewvalues']

MAIS SOBRE ARTES-E-LIVROS