José Patrício apresenta antologia da carreira no Museu Mineiro

Com trajetória de 20 anos, trabalho do artista visual é marcado pelo caráter lúdico e o emprego de objetos ordinários na criação

por Walter Felix 13/09/2018 08:00
Luís Nova/divulgação
José do Patrocínio expõe trabalhos no Museu Mineiro (foto: Luís Nova/divulgação)
Alfinetes, botões, dados, fiações e peças de quebra-cabeça são matéria-prima para o artista visual José Patrício, que apresenta uma antologia de sua carreira a partir desta quinta-feira (13), no Museu Mineiro. A exposição Precisão e acaso traz as últimas criações do pernambucano, além de trabalhos criados há 15 anos e poucas vezes levados a público.

“Muito da minha produção recente pode ser visto como derivado desses antigos trabalhos, que inauguraram, de certa forma, uma sequência numérica e cromática. São obras significativas, pois foram seminais. Outras surgiram a partir delas”, observa o autor, de 58 anos.

A arte de Patrício como vemos hoje – marcada pelo caráter lúdico e objetos ordinários – nasceu há cerca de 20 anos. “Comecei a pesquisar esses materiais no vasto comércio do Recife. Alguns deles foram se mostrando muito interessantes”, conta. Naquela época, peças do jogo de dominó instigaram o artista. “Foi o que deu o start para esse trabalho de pesquisa, que ainda está em desenvolvimento.”

Para conferir novos significados a esses elementos, inicialmente destituídos de importância, ele parte da intuição, mas conservando regras e métodos. “Um dos aspectos que podemos considerar é que meu trabalho acontece de forma bastante dialética”, observa José Patrício, referindo-se ao título da mostra, Precisão e acaso.

“A conjugação desses dois aspectos faz com que o trabalho seja visto como síntese de opostos. São dois conceitos que parecem antagônicos, mas ocorrem com bastante harmonia no que faço. Eles se complementam. Lido com algo previsível, uma aleatoriedade na escolha. A disposição de cores e peças permite certa liberdade de as coisas acontecerem de forma fortuita e randômica.”

PRECISÃO E ACASO
Exposição de José Patrício. Abertura nesta quinta-feira (13), às 19h, no Museu Mineiro. Av. João Pinheiro, 342, Funcionários. (31) 3269-1103. Terça, quarta e sexta-feira, das 10h às 19h; quinta, das 12h às 21h; sábado, domingo e feriado, das 12h às 19h. Até 11 de novembro. Entrada franca.

['__class__', '__cmp__', '__contains__', '__delattr__', '__delitem__', '__dict__', '__doc__', '__eq__', '__format__', '__ge__', '__getattribute__', '__getitem__', '__gt__', '__hash__', '__init__', '__iter__', '__le__', '__len__', '__lt__', '__module__', '__ne__', '__new__', '__reduce__', '__reduce_ex__', '__repr__', '__setattr__', '__setitem__', '__sizeof__', '__str__', '__subclasshook__', '__weakref__', 'clear', 'copy', 'fromkeys', 'get', 'has_key', 'items', 'iteritems', 'iterkeys', 'itervalues', 'keys', 'pop', 'popitem', 'request', 'setdefault', 'update', 'values', 'viewitems', 'viewkeys', 'viewvalues']

MAIS SOBRE ARTES-E-LIVROS