Poetas ocupam espaços públicos de BH em 'Psiu Poético'

Criado há 32 anos em Montes Claros, o evento chega a Belo Horizonte com cinco dias de programação, 200 poetas e lançamento de livros

por Márcia Maria Cruz 14/03/2018 13:40
Paulo Filgueiras/EM/D.A PRESS
Viaduto Santa Tereza é palco escolhido para performance de poetas de diversas gerações (foto: Paulo Filgueiras/EM/D.A PRESS)
Os arcos do Viaduto de Santa Tereza são provas incontestes da vocação de Belo Horizonte para a poesia e da relação profunda que os escritores estabelecem com os espaços públicos da capital. O ato transgressor de escalar o viaduto de Carlos Drummond de Andrade, revelado no livro O desatino da rapaziada de Humberto Werneck, demonstra a importância daquele espaço para a poesia em diversas gerações. 

De hoje até domingo, a cidade e o viaduto voltam a serem palcos de vários poetas.  Evento literário que nasceu em Montes Claros e chega pela segunda vez na capitaql, o Psiu Poético conta com a participação de 200 poetas. “Escolhemos o dia 14 de março, por ser a data de nascimento de Castro Álves”, informa José Aroldo sobre o dia escolhido para início da programação. A abertura será nesta quarta (14) no Palácio das Artes, às 20h, com o lançamento do livro Planner Poético 2018, obra organizada por Ana Elisa Ribeiro e Marcela Dantés.

Com o formato proposto em Montes Claros, o Psiu Poético chega a 32ª edição. “Fizemos a primeira vez em 2016. Com esse formato amplo é a primeira vez que o evento é realizado em Belo Horizonte”, diz. No município do Norte de Minas, as atividades começam no dia 4 de outubro, Dia Municipal da Poesia, e segue por cinco dias. 

A curadoria recebeu centena de propostas, mas, num primeiro momento, a maioria oriunda de homens. “Começamos a convidar os poetas e 98% eram homens. Então, fizemos convites às mulheres para tentar equilibrar”, revela Aroldo.  Nos próximos cinco dias, você encontrará os poetas em praças, na rodoviária, estações de metro e diversos espaços públicos da cidade. “É uma tradição do projeto a ocupação urbana. A cidade é dos cidadãos”, define. 

Inspirados em Carlos Drummond de Andrade, os poetas vão se apresentar no Viaduto Santa Tereza no sábado (17). Não está prevista a escalada dos arcos, mas a irreverência de Drummond norteia os poetas. “Temos pelo menos três gerações de poetas em BH. Tivemos a geração do Pedro Nava e Drummond, anárquico e poético. Depois, Fernando Sabino e os cavaleiros do apocalipse. Na terceira, Fernando Brant, Márcio Borges e a turma do Clube da Esquina. Três gerações de poetas fundamentais para o Brasil”, diz. Em O encontro marcado (Civilização Brasileira), Sabino fala  das trocas literárias com os cavaleiros, Otto Lara Resende, Hélio Pellegrino e Paulo Mendes Campos.

Depois da  performance, o grupo sairá em cortejo pelas ruas da Floresta até a rua Silva Jardim, 107, casa que morou Carlos Drummond de Andrade até 1933, refazendo o mesmo trajeto do poeta durante os anos em que morou na capital mineira.


PROGRAMAÇÃO
 
14 de março
9h - Poesia Circular
Escola Municipal Caio Líbano Soares. Rua Carangola, 288, Santo Antônio. Informações: (31) 3277-8838
 
11h30 - Sarau Poético-Musical 
 Câmara Municipal de Belo Horizonte. Avenida dos Andradas, 3100, Santa Efigênia.
 
15h - Intervenção Poética no Metrô
Estação do Metrô. Praça Rui Barbosa, Centro
 
 
20h - Abertura oficial 
Sala Juvenal Dias, Palácio das Artes. Avenida Afonso Pena, 1537, Centro. Informações: (31) 3236-7369
Lançamento de livros
Planner Poético 2018, de Ana Elisa Ribeiro & Marcela Dantés
Lápide: Conto Silente, de Bruno Reoli
Pedaladas Poéticas,  Wagner Merije & Aroldo Pereira

 
15 de março 
9h - Poesia Circular
Escola Estadual Diogo Vasconcelos. Rua Professor Luiz Pompeu, 30, Bairro das Indústrias. Informações:(31) 3362-5600
 
15h - Intervenção Poética
Terminal Rodoviário. Praça Rio Branco, Centro. Informações: (31) 3271-3000
 
20h – Lançamento de livros
Traços, de Anelito de Oliveira
S. A. Monte de Minhas Lembranças, de Bilá Bernardes
Mulheres Emergentes, de Tânia Diniz 
Andarilhos Urbanus, de Irineu Baroni & António Galvão
Sala Juvenal Dias, Palácio das Artes. Avenida Afonso Pena, 1537, Centro. Informações: (31) 3236 7369
 
 
16 de março
9h – Poesia Circular 
Escola Municipal Belo Horizonte. Avenida José Bonifácio, 189, São Cristóvão. Informações: 3277-6221
 
15h – Coletivo Beagá Psiu Poético no Campus da UFMG 
Avenida  Presidente Antônio Carlos, 6627, Pampulha. Informações: (31) 3409-5000  
 
17h – Ocupação Poética Coletiva no CRJ
Praça Rui Barbosa, 50, Centro. Informações: (31) 3277-9795
 
19h – Lançamentos & Performances
. Assédio das Águas, de Luis Walter Furtado
. Os sentimentos, as Palavras e Eu, de Marivalda Paticcié
. O Eco das Minhas Canções, de Cláudio Hermínio
. Dose Dupla, Combo do Candéas, de Bruno Candéas
. Ao Intento do Vento – poesias nas montanhas de Minas, de Paulo Siuves
. Use o assento para flutuar, de Leo Gonçalves
. Aforismos Experimentais, de João Diniz 
. Perdas & Danos, de Bruno Black
. Centro de Referência da Juventude. Praça Rui Barbosa, 50, Centro
 
20h30 - Belo Horizonte, adeus - Marcelo Dolabela  
Poetas em Ação
Sidneia Simões, Luiz Otávio Oliane, Mirna Mendes, Graça Araújo, Renilson Durães, Bilá Bernardes, Bruno Black, Wendy Loyola, Leida Reis, Petrônio Souza, Helena Soares, Rogério Salgado, Virgilene Araújo, Antônio Siuves, Marlene Bandeira, Lopo Guará, Dóris Araújo, Petrônio Bráz, Francesco Napoli, Auiri Tiago, Isabel Lôpo, Márcio Adriano Moraes, Sandra Fonseca, Sérgio Pacheco, Ana Martins Marques, Fernando Righi, Adri Aleixo, Leo Gonçalves, Simone Andrade Neves, Jairo Fará, Giovana Filpi, Rômulo Garcias & Sarah Sanches.
 Centro de Referência da Juventude. Praça Rui Barbosa, 50, Centro
 
17 de março
9h às 11h – Instalação Poética/Performance 
32 poetas nos Arcos do Viaduto de Santa Teresa – 
Homenagem às Gerações do Grupo Estrela: Carlos Drummond de Andrade, Pedro Nava, Gustavo Capanema e Milton Campos.
Geração dos cavaleiros do apocalipse: Fernando Sabino, Hélio Pelegrino, Paulo Mendes Campos e Otto Lara Rezende.
Geração Clube da Esquina: Lô Borges, Beto Guedes, Murilo Antunes e Márcio Borges.
 
Após a performance, o grupo sairá em cortejo pelas ruas da Floresta até a rua Silva Jardim, 107, casa que morou Carlos Drummond de Andrade até 1933, refazendo o mesmo trajeto do poeta durantes os anos em que morou na capital mineira.
Local: viaduto Santa Teresa.
 
15h – Lançamento de Livros, Performances & Leitura de poesia
Local: Bar Montes Claros/Maletta (rua da Bahia, 1148 - Centro, Belo Horizonte/MG)
 
18 de março 
8h – Bicicletada do Psiu Poético 
Concentração Praça da Liberdade. Aberto para toda a comunidade de Belo Horizonte e visitantes. 
 
9h – Partida do Circuito Cultural Liberdade para o Edifício Maletta
Descendo a Rua da Bahia, refazendo o trajeto feito por gerações e gerações de escritores e artistas mineiros.Bar Montes Claros/Maletta. Rua da Bahia, 1148, Centro.







['__class__', '__cmp__', '__contains__', '__delattr__', '__delitem__', '__dict__', '__doc__', '__eq__', '__format__', '__ge__', '__getattribute__', '__getitem__', '__gt__', '__hash__', '__init__', '__iter__', '__le__', '__len__', '__lt__', '__module__', '__ne__', '__new__', '__reduce__', '__reduce_ex__', '__repr__', '__setattr__', '__setitem__', '__sizeof__', '__str__', '__subclasshook__', '__weakref__', 'clear', 'copy', 'fromkeys', 'get', 'has_key', 'items', 'iteritems', 'iterkeys', 'itervalues', 'keys', 'pop', 'popitem', 'request', 'setdefault', 'update', 'values', 'viewitems', 'viewkeys', 'viewvalues']

MAIS SOBRE ARTES-E-LIVROS