UAI

Quem é o pai de Marcelo? Revelação de Zuleica muda tudo em Pantanal

Rapaz foi criado por Tenório, mas não é filho biológico do coronel

Globo/João Miguel Júnior Globo/João Miguel Júnior
Redação - Observatório da TV clock 31/07/2022 13:25
compartilhe icone facebook icone twitter icone whatsapp SIGA NO google-news

Quem é o pai de Marcelo em Pantanal? O personagem de Lucas Leto foi criado por Tenório (Murilo Benício), mas não é filho biológico do coronel.

O segredo será revelado por Zuleica (Aline Borges) nos próximos capítulos da novela. Ela abre o jogo para o primogênito e Guta (Julia Dalavia) após flagrar os dois se beijando.

A revelação acontece assim que a 'outra' chega à fazenda. Ela se muda de mala e cuia para o Pantanal ao lado de Roberto (Cauê Campos) e Renato (Gabriel Santana).

Ao perceber que Guta e Marcelo se amam, Zuleica decide contar tudo. A enfermeira chama a enteada e o filho para uma conversa e confessa que eles não são irmãos.

Quem é o pai de Marcelo?

Na Pantanal da Globo, Zuleica revela que foi estuprada por um médico. Tudo aconteceu durante seu período de estágio na faculdade.

A moça revela que acabou abusada pelo crápula e ficou traumatizada. Na mesma época, conheceu Tenório. O coronel soube da tragédia e ameaçou matar o criminoso.

Entretanto, o pai biológico de Marcelo morreu em um acidente. 'Ele morreu em um acidente um pouco depois. Foi um choque. Saiu em todos os jornais. Ele foi encontrado preso nas ferragens do carro...', dispara Zuleica.

Após a morte do médico, Tenório decidiu assumir a paternidade de Marcelo para fazê-la esquecer do trauma. Depois, teve dois filhos com a enfermeira, Renato e Roberto.

Como foi em 1990?

Na Pantanal antiga, exibida pela Manchete em 1990, Zuleica também foi estuprada. O contexto, porém, era outro. A personagem de Rosamaria Murtinho foi vítima de militares.

O abuso aconteceu em plena Ditadura. Ela e os amigos eram contra o regime e viviam fazendo passeatas, por isso se tornaram alvo.

Em um dia de grande repressão, Zuleica e um amigo não compareceram a uma manifestação. Eles saíram de carro pelas ruas e como forma de apoio, decidiram pichar um muro.

'A gente viu um muro branco. Peguei uma lata de tinta e escrevemos: 'Faça amor, não faça guerra''. Foi só isso que eu escrevi', contou.

Mas tudo deu errado. 'De repente apareceram uns homens, jogaram a gente em um camburão. Quando eu dei por mim, estava estirada no chão. Um encapuzado veio em cima de mim berrando: 'Você não quer guerra? Então vamos fazer amor!'', confessou.

Zuleica revelou que ficou traumatizada e com ódio. Ela pensou até em acabar com sua vida, mas foi Tenório que a salvou. 'Me deu tanto apoio, tanta compreensão, tanto carinho... Eu tava grávida! Ele foi uma espécie de tábua de salvação!', admitiu.

Este post Quem é o pai de Marcelo? Revelação de Zuleica muda tudo em Pantanal foi publicado primeiro no Observatório da TV.
compartilhe icone facebook icone twitter icone whatsapp

Uai Indica