UAI

Gravidade do acidente de Zé Neto faz médicos assinarem documento decisivo

Sertanejo sofreu um grave acidente na madrugada da última terça (5)

Gravidade do acidente de Zé Neto faz médicos assinarem documento decesivo Reprodução: Redes sociais/Montagem
Camile Brito - Especial para o Uai clock 06/12/2023 16:29
compartilhe icone facebook icone twitter icone whatsapp SIGA NO google-news

Na manhã desta quarta (6), a equipe médica que acompanha o quadro de Zé Neto, da dupla com Cristiano, assinou um documento explicando o atual estado do sertanejo. Segundo o boletim, ele continuará na UTI devido à gravidade da situação.

Leia Mais

O cantor sofreu um acidente de carro na noite da última terça (5), assim, os médicos disseram que o quadro é estável, mas que ele continuará internado: "O Hospital de Base de São José do Rio Preto informa que o quadro clínico do cantor Zé Neto (José Toscano Martins Neto) é estável. No entanto, devido à gravidade do acidente automobilístico, ele permanecerá internado na UTI, sob observação da equipe médica multidisciplinar, até esta quinta-feira (7 de dezembro), quando será reavaliado".

Logo após, o boletim informou os procedimentos que o cantor foi submetido: "Na manhã desta quarta-feira, a equipe médica realizou mais exames, procedimento padrão e de controle do quadro clínico do paciente. Ele está consciente, orientado, alimentando-se normalmente e sob monitorização hemodinâmica, em que são acompanhadas a pressão arterial, frequência cardíaca, respiração e saturação de oxigênio".

E continuou: "O paciente deu entrada na Emergência do Hospital de Base de São José do Rio Preto, às 22h30 desta terça-feira (5 de dezembro), sendo imediatamente atendido e avaliado pela equipe médica, com auxílio de modernos exames diagnósticos de imagem. O paciente teve escoriações e fratura em três costelas, cujo tratamento é conservador, e foi submetido a procedimento cirúrgico para sutura de corte no braço esquerdo, na madrugada de quarta-feira".

O texto foi assinado pelo Médico Cirurgião do Serviço de Traumatologia e Coordenador da Emergência Cirúrgica do hospital, Paulo Cesar Espada, e Neymar Elias de Oliveira, Médico intensivista e coordenador da UTI dos convênios do hospital.

 

compartilhe icone facebook icone twitter icone whatsapp