UAI

Justiça arquiva processo contra Eduardo Costa por suposta ameaça a Clayton

Por falta de provas contra o cantor sertanejo, a Justiça determinou o arquivamento do processo

Eduardo Costa Reprodução/YouTube
Douglas Lima - Especial para o Uai clock 03/01/2023 17:14
compartilhe icone facebook icone twitter icone whatsapp SIGA NO google-news

Por falta de provas contra o cantor Eduardo Costa, a Justiça determinou o arquivamento do processo que o considerava suspeito de ameaçar o seu amigo e confidente, o também cantor Clayton Moreira Lemos, da dupla sertaneja Clayton & Romário.

Leia Mais

"Tendo em vista não haver justa causa para o prosseguimento da ação penal, acolho o requerimento ministerial e determino o arquivamento dos presentes autos, ressalvando-se o art.18 do CPP", afirmou o juiz Jair Francisco dos Santos, em despacho publicado no dia 16 de dezembro.

 

De acordo com as informações do portal G1, o boletim de ocorrência do caso foi registrado na Polícia Militar no final de 2019, em Belo Horizonte. Segundo o documento na época, Clayton estaria sendo ameaçado por Eduardo e pelo irmão dele, Weliton Costa. Mensagens também teriam sido enviadas ao celular de Romário, irmão de Clayton Moreira Lemos.

 

Segundo o relato feito aos policiais, Eduardo não estaria aceitando o relacionamento de Clayton com uma ex-namorada dele. Vale destacar, que Eduardo Costa foi um dos grandes incentivadores e investidores da carreira de Clayton Moreira Lemos.

 

Clayton e Romário são irmãos, conhecidos por músicas como Água Nos Zói, parceria com Jorge e Mateus, e o hit Aí eu chorei. Já o mineiro Eduardo Costa tem quase 30 anos de carreira e coleciona lista de polêmicas. No repertório do artista estão canções como Ainda Tô Aí, Sapequinha e Amor de Violeiro.

compartilhe icone facebook icone twitter icone whatsapp