UAI

Priscilla manda recado para críticos evangélicos: "Supliquem"

Ex-apresentadora infantil e ex-cantora gospel, a jovem fez uma mudança drástica de visual e repertório

Priscilla manda recado para críticos evangélicos: Reprodução: YouTube
Camile Brito - Especial para o Uai clock 03/12/2023 07:43
compartilhe icone facebook icone twitter icone whatsapp SIGA NO google-news

Em uma entrevista para a Revista Veja, Priscilla revelou os motivos que a levaram a sair da igreja, da música gospel e se aventurar na cultura pop progressista.

Leia Mais

A cantora explicou o que a fez cortar laços com a doutrina e abandonar o sobrenome 'Alcântara' para investir em singles “mundanos”, como Quer Dançar?, feat com o Bonde do Tigrão: "O fundamentalismo rejeita todo tipo de diversidade. Conforme fui me tornando mais compreensiva e parceira de outras narrativas, amadureci minha fé. Ela continua no centro da minha vida, mas agora é autônoma. Não dependo da imposição de alguém e me afastei de tudo que é doutrina." Priscilla também revelou ser uma pessoa curiosa: "o cristianismo não é sobre formar repetidores, mas pensadores que buscam uma crença inteligente e racional."

E seguiu: "Por muito tempo, vi a religião me distanciar das pessoas e apartá-las desse Deus que amo. Quando comecei a raciocinar, compreendi que a espiritualidade só é útil se, ao contrário, me aproximar dos outros."

Por fim, Priscilla mandou um recado aos que atacam sua transição: "É engraçado que supliquem agora, sendo que já não gostavam de mim antes. Só pode ser um amor não revelado, ou um ato de quase masoquismo."

Finalizando: "Atitudes assim existem porque as pessoas não buscam mais consumir algo  que lhes agrade, e, sim, aquilo que pode ser criticado. É uma forma doentia de se viver digitalmente — só querem encher o saco."

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

compartilhe icone facebook icone twitter icone whatsapp