UAI

Léo Santana retira hit Vai dar PT do repertório e nega relação com política

'É L de Léo Santana, gente, aqui é zero política', disse o cantor

Léo Santana Divulgação
Douglas Lima - Especial para o Uai clock 06/10/2022 11:26
compartilhe icone facebook icone twitter icone whatsapp SIGA NO google-news

Durante o período eleitoral os famosos jingles são ferramentas importantes para ajudar na popularização dos candidatos. Seja uma versão de pagode, funk ou sertanejo, o que vale é o que está em alta no momento ou uma releitura daqueles que representavam os veteranos da política, a "música do candidato" sempre ecoa nas ruas durante as eleições e grudam no ouvido.

Leia Mais

Desse modo, as faixas são um maneira pratica de o eleitorado memorizar os números na hora de votar em seus devidos candidatos. No entanto, o cantor Léo Santana optou por deixar de fora do seu repertório um de seus maiores sucessos, a o hit Vai dar PT, faixa sobre uma menina que "foi pro baile muito louca/ misturou tequila e uísque" e deu, como se diz o ditado popular, "perda total".

 

Em entrevista exclusiva ao jornal O Globo, o artista também fez questão de reforça que o símbolo L com os dedos, gesto que virou sua marca registrada durante os shows, não tem qualquer relação com algum político. "É L de Léo Santana, gente, aqui é zero política", afirmou o baiano, cria da periferia de Salvador.

 

Diferente de outros grandes artistas, Léo preferiu se manter isento no período eleitoral e não declarou apoio para nenhum candidato. Entretanto, no último domingo (02/10), o cantor compartilhou no Instagram o registro dele indo votar, para reforçar a importância do ato. "Exercendo meu papel de cidadão", escreveu o gigante.

 

Na aba dos comentários, internautas, famosos e amigos insinuaram que o pagodeiro teria votado em Luiz Inácio Lula da Silva (PT), candidato a presidência do Brasil. "Gostoso que vota em L", escreveu um seguidor. "Faz o L", comentou outra. "Vai dar PT vai dar vai dar PT vai dar", disparou uma terceira. "Faz o L, Léo", pediu uma admiradora. "13 neles, gigante!", disse outro. "Eu sei que você fez o L", comentou uma seguidora. No entanto, outros usuários da rede social apontaram que Léo teria votado no rival direto de Lula, Jair Messias Bolsonaro (PL), candidato à reeleição da presidência do Brasil. "E dá-lhe!!! Certeza que foi no 22", afirmou um seguidor. "Nada de L, boa paizão, faz a força", declarou outro. "Claro que o gigante votou 22 neles!", reforçou um terceiro.

 

Em meio à divisão dos fãs nos comentários do post da votação, Leo foi exposto por alguns. "Olha o candidato que ele segue", disse um internauta. "Queria tanto acreditar que você não era bolsominion", lamentou uma admiradora. Ao fazer uma rápida pesquisa em quem o marido de Lorena Improta segue em sua página oficial, é possível ver o perfil de Bolsonaro. O do petista, no entanto, não foi encontrado.

 

Confira, abaixo, a publicação:

compartilhe icone facebook icone twitter icone whatsapp