UAI

Gal Costa morreu e deixou dívidas acumuladas em quase R$ 1 milhão

A vida pessoal da cantora, que morreu em 2022, está exposta em meio à briga na Justiça pela sua herança

foto1 Gal Costa - Reprodução/Instagram
Redação Observatório dos Famosos clock 02/04/2024 09:05
compartilhe icone facebook icone twitter icone whatsapp SIGA NO google-news

Gal Costa, que faleceu em novembro de 2022, teve sua vida pessoal exposta, em meio ao imbróglio judicial vivido entre seu filho, Gabriel Burgos, de 18 anos, e a esposa e ex-empresária, Wilma Petrillo. No entanto, as condições financeiras da cantora antes de sua morte não estariam nada boas, em virtude das dívidas acumuladas por ela em vida.

Leia Mais

Segundo informações da coluna Splash, do UOL, a artista teria somado uma sequência de pendências com base em impostos, funcionários domésticos, escola do filho adotivo, e restaurantes, no qual ultrapassariam a marca de R$ 700 mil apenas com os débitos da GMC Produções Artísticas, empresa que ela manteve em sociedade com a então companheira.

As cobranças foram identificadas em meio a diversas dívidas com a União e a Prefeitura de São Paulo. Os débitos, inclusive, somam R$ 188.401,79, de acordo com informações da Fazenda Nacional. Já as dívidas com a Prefeitura da capital paulista atingem a marca de R$ 549.861,79.

Dívida com ISS (Imposto Sobre Serviço), tributo cobrado pelo município, chega a 486.633,63 - a contar pelo período de 2016 a 2020. Segundo uma ex-funcionária ouvida pela reportagem, Gal Costa ainda era detentora de 90% do negócio e Wilma Petrillo, de 10%. A agente, que atuava no departamento administrativo das empresas, afirma que era a cantora quem decidia os pagamentos.

VEJA MAIS: 2023: os escândalos e homenagens que marcaram um ano da morte de Gal Costa

O post Gal Costa morreu e deixou dívidas acumuladas em quase R$ 1 milhão foi publicado primeiro em Observatório dos Famosos.
compartilhe icone facebook icone twitter icone whatsapp