UAI

Saiba tudo sobre a remoção de quelóides com o doutor Rafael Zatz

Por Observatório dos Famosos

Foto divulgação Foto divulgação - Reprodução / Internet
Redação Observatório dos Famosos clock 15/02/2024 17:43
compartilhe icone facebook icone twitter icone whatsapp SIGA NO google-news

Queloides são causadas pelo excesso de colágeno na pele durante a cicatrização. Ainda não foi descoberto porque as células ficam mais exageradas e reativadas, porém, segundo estudos, é mais comum em etnias asiáticas e afrodescendentes, além de aparecerem em situações de inflamação no local, como feridas que demoram para cicatrizar. 

Leia Mais

Segundo o doutor Rafael Zatz, o diagnóstico é  clínico, podendo ser encontrado características típicas da cicatriz queloidiana, como: cicatriz elevada, avermelhada ou escurecida, dor e coceira. Sendo mais comum nas orelhas, ombros e no meio do tórax. 

Porém, muitas pessoas ainda não sabem que existe um tratamento para retirar as quelóides, onde você pode remover cirurgicamente a cicatriz com cuidado adequado, evitando o aumento da inflamação na ferida com anestesia local. E, para complementar, realizar aplicações de betaterapia e compressão local. 

'Após a cirurgia, é indicado que o paciente busque fazer aplicação de betaterapia, onde é possível diminuir o processo inflamatório na região, como meio de driblar o corpo, diminuindo a deposição de colágeno e tornando a cicatriz mais organizada, sendo ideal começar logo após a cirurgia', comenta o doutor.        

É possível que a quelóide volte após a cirurgia, mas quando o tratamento é realizado de forma integral, seguindo corretamente os passos indicados pelo profissional, os resultados encontrados são bons. 

Para saber mais ou agendar uma consulta entre em contato com o doutor Rafael Zatz pela sua rede social

O post Saiba tudo sobre a remoção de quelóides com o doutor Rafael Zatz foi publicado primeiro em Observatório dos Famosos.
compartilhe icone facebook icone twitter icone whatsapp