UAI

Cantora May Terra palpita sobre Anitta, Beatles e pandemia

Por Observatório dos Famosos

Reprodução / Internet Reprodução / Internet
Redação - Observatório dos Famosos clock 26/07/2022 14:47
compartilhe icone facebook icone twitter icone whatsapp SIGA NO google-news

A vida é uma questao de sincronia. Não sou eu quem diz. É a melodia matematicamente perfeita de um refrão pegajoso.

São as belas proporções areas nas artes e na natureza. Sao os movimentos perfeitos dos corpos celestes proporcionando vida na Terra. E foi durante um perrengue chique que me sincronizei com May Terra cantando e tranquilizando pedestres numa rua da Irlanda. Com um melódico par de olhos verdes e uma leve rouquidão na voz, May cantava suas ideias de igualdade e liberdade para quem quisesse ouvir. Ou para quem estivesse em Sinc com ela. Auto proclamada 'cantautora', May conta com sua voz, gaita e violão para bradar sobre amor e natureza.

Assuntos que estão em Sinc com um mundo em pandemia que enfrenta diferentes percalços. Bati um papo com May sobre seu primeiro EP lançado nos ultimos tempos e tambem sobre suas impressões sobre a vida num mundo mais diferente. Confira abaixo!

Como voce passou seu tempo na pandemia? O que faz no seu tempo livre na Irlanda?

Passei meu tempo na pandemia trabalhando online, tanto com apresentações quanto aulas particulares porque também sou professora de canto e de inglês. Fiz muitas lives, participei de festivais online, inclusive o festival do @folkdaworld que foi maravilhoso.

No momento não estou na Irlanda, mas em geral no meu tempo livre eu gosto de ficar ao ar livre perto da natureza, com pessoas queridas, inclusive eu mesma rs

Voce tem acompanhado o barulho gerado pela Anitta no mercado internacional? O que acha das ideias e da musica dela?

Não gosto da música da Anitta, mas a admiro como profissional da música e como empreendedora de si mesma. Não acompanho muito os 'barulhos' dela, mas acho que ela tem prestado um bom serviço social ao se posicionar politicamente e por defender a democracia.

O que o folk tem que os outros generos não possuem?

O folk é genuíno. E ele parte de um pressuposto de simplicidade. Não conheço outro estilo que transmita esses elementos com facilidade, embora eu seja bem eclética em termos de 'gosto musical'.

Qual o significado dos Beatles para voce? Como foi gravar na Abbey Road?

Os Beatles são a maior banda que já existiu no planeta. Não é uma questão de gostar ou não. É um fato.
Eles revolucionaram a noção de fazer e apresentar música. Vejo que a história da Música na humanidade teve um divisor de águas após os Beatles.

Eu não cheguei a gravar em Abbey Road ainda, apenas tive a oportunidade de visitar e de ter uma das minhas canções autorais tocadas em um dos estúdios deles. Foi uma das experiências mais incríveis da minha vida e senti que tudo é possível.

Porque voce diz que Almir Sater, Neil Young e Bonnie Raitt são algumas das suas maiores influencias?

Almir Sater tem uma magia no ato de fazer música que me encanta...Neil traz uma verdade vestida de uma suposta simplicidade, mas que é bem complexa se você ouvir de perto...Bonnie tem a voz feminina mais linda que eu já escutei. Juntos eles formam uma tríade de inspiração para mim.

Quem é afinal de contas Gabriel? A composição da faixa é totalmente sua?

Gabriel? Eu venho procurando descobrir também. Hoje o que eu posso dizer é que se trata de um ser da Luz. E, sim, essa composição é minha apenas, isto é, em termos de trazer a inspiração pra uma canção, sim, toda ela é minha.

Neste ano você lançou o NAMÁRIË como seu primeiro album. Como foi o processo criativo?

NAMÁRIË é um termo élfico criado por Tolkien, o escritor, linguista e professor que
é o autor de O Senhor dos Anéis, minha estória favorita. Significa 'Olá e Tchau' ao mesmo tempo. Senti ser um bom título para um primeiro EP. O processo criativo é longo. Tem muita canção nele que foram compostas há muito tempo, enquanto outras são bem recentes.

Como se deram as parcerias com o Mario Maresia? Voce prefere cantar em português ou inglês?

Márcio Maresia é um artista completo e tenho a alegria de te-lo como amigo próximo. É o maior gaitista do Brasil se me permite dizer. Quando nos conhecemos, ficamos amigos primeiro, inclusive nossas famílias e, então, ele me chamou pra gravar uma canção com ele chamada Pra Todos Nós e depois disso viramos parceiros. Gosto de cantar tanto em inglês quanto em português.

Na trilha de 'Olha no Horizonte' voce canta que Ninguem Solta a Mao de Ninguem. Qual a importancia dessa frase pra voce?

'Ninguém solta a mão de ninguém' é uma frase que circulou quando a extrema direita subiu ao poder no Brasil e isso significa aumento da desigualdade social, desrespeito aos direitos humanos, descaso em relação ao meio ambiente, desvalorização da cultura, disseminação de fake news dentre outras falácias e, quando não temos saída, o jeito é contar um com o outro mesmo.

Neste mês foram celebrados os 104 anos de nascimento de Nelson Mandela. Voce inclusive fez uma citacao nas suas redes sociais. Ele dizia que um bom lider deve governar para progressistas e conservadores. Como voce ve as ideias de Mandela num mundo com lados cada vez mais separados?

Sobre Nelson Mandela, vejo que é um homem cujo legado precisa ser lembrado, celebrado e praticado. Não me recordo dessa afirmação dele que você mencionou e também não sei em qual contexto ele disse isso, inclusive se puder me mandar a fonte será massa, mas vejo que um bom líder deve governar para todos. Independentemente do pensamento que cada um tenha. As ideias de Mandela prezam pela saúde da sociedade, pela igualdade de direitos, deveres e OPORTUNIDADES a todos, pela justiça social. As ideias de Mandela são as mesmas ideias de Martin Luther King, que são as mesmas ideias de qualquer pessoa que preze pela vida e pelo bem comum. SEMPRE é urgente que falemos sobre elas, que dialoguemos sobre elas e, principalmente, que as PRATIQUEMOS.

Neste mês foi celebrado o Dia do Amigo no Brasil. Se voce pudesse escolher cantores para ter amizade quem voce escolheria?

Sobre o dia do Amigo, se eu pudesse escolher, seriam alguns que já são meus amigos e outros que eu espero poder conhecer ainda: Márcio Maresia, Vitória Cursino, galera do Picanha de Chernobill, Neil Young, Gilberto Gil e Joni Mitchell

O post Cantora May Terra palpita sobre Anitta, Beatles e pandemia foi publicado primeiro em Observatório dos Famosos.
compartilhe icone facebook icone twitter icone whatsapp