UAI

Modelo acusa ex-BBB de abuso sexual:"Enfiou dois dedos super forte"

Janaina Ana da Silva denunciou Antonio Rafaski; Eles se conheceram após um jogo do Brasil em 2022

Modelo acusa ex-BBB de abuso sexual Reprodução: Redes sociais/Montagem
Camile Brito - Especial para o Uai clock 30/01/2024 17:02
compartilhe icone facebook icone twitter icone whatsapp SIGA NO google-news

A modelo Janaina Ana da Silva denunciou, pelas redes sociais, o ex-BBB Antonio Rafaski. A catarinense afirma ter sofrido abuso sexual.

Leia Mais

Segundo a jovem, a ação aconteceu em dezembro de 2022, em São Paulo, após os dois assistirem a um jogo do Brasil. Conforme o relato, ela e uma amiga foram até à casa de Giuliano Marchi, amigo de Antonio. Lá, o ex-participante a levou para o quarto e tentou forçá-la a fazer sexo: “Eu me nego, e falo que não iria acontecer nada. Que não queria, e não iria ter relação sexual com ele. E foi aí que comecei a ver a mudança nas expressões dele. Antonio começou a puxar minha roupa com força para que eu tirasse. Eu sempre falava que não queria, e ele continuava. Ele estava tão fora de controle ao ponto de rasgar a minha calcinha para que eu tirasse. Super grosso e estúpido", disse.

Janaina completou dizendo que ele pedia para ela ficar calma: "Com medo, eu o chamava de louco e pedia para ele parar, querendo me levantar da cama. Ele dava risada, me pedia desculpas, falava para eu relaxar e que eu nunca iria conhecer alguém como ele. Que ele era muito intenso, único e continuava rindo."

Logo após, ela revelou que Antonio tentou penetrá-la à força: "Até que ele veio fazer carinho no meu cabelo, no meu rosto e do nada enfia dois dedos na minha boca com toda a força, quase me fez vomitar deitada. Eu queria levantar novamente, e ele me prendia com o peso do corpo, com as pernas, e dizia que estava tudo bem, que o desculpara, e continuava dando risada... Era como se aquela situação de medo, desse prazer a ele. Ainda na cama, ele tenta me penetrar, mas eu me neguei e ele enfiou dois dedos super forte na minha vagina, com a intenção de machucar, e machucou. Quando consegui sair debaixo dele, levantei, fui colocando minha roupa e saí do quarto rápido, na esperança de ver o Giuliano e a Carolina na sala, mas já não estavam ali. Antônio queria me obrigar a ficar, mas consegui ir embora", finalizou.

 

compartilhe icone facebook icone twitter icone whatsapp