UAI

Esse dragão de A Casa do Dragão vai aterrorizar os fãs

Criatura vai ser vista em Pedra do Dragão e é descrita no livro Fogo e Sangue, de George R.R. Martin, que deu origem à série da HBO

Em seu livro Fogo e Sangue, George R.R. Martin apresenta inúmeros dragões, muitos dos quais veremos em A Casa do Dragão. Uma criatura especialmente aterradora deve dar as caras já na segunda temporada da série derivada de Game of Thrones.

Leia Mais

O Redanian Intelligence aponta que Robert Rhodes foi escalado como Silver Denys na segunda temporada de A Casa do Dragão. Isso indica que veremos na aguardada 2ª temporada um dos dragões mais assustadores que já pisaram em Westeros: o Canibal.

Como os leitores dos livros lembrarão, Silver Denys era um homem que vivia em Pedra do Dragão. Ele tinha cabelos prateados e afirmava ser descendente de um dos supostos bastardos do Rei Maegor I Targaryen, embora isso nunca tenha sido confirmado por ninguém.

No entanto, acreditar que ele tinha sangue valiriano era considerado plausível devido aos seus cabelos prateados.

Durante a Dança dos Dragões, Denys fez uma tentativa malsucedida de reivindicar Sheepstealer, um dragão que acabaria sendo reivindicado por Nettles. Isso acontece na mesma época que outros tentam montar o Canibal, como parte das preparações de Daemon e Rhaenyra para a guerra civil Targaryen: essencialmente, eles precisavam do maior número possível de dragões do seu lado.

Ilustração do Canibal foto:
Redação - Observatório do Cinema clock 03/04/2024 21:00
compartilhe icone facebook icone twitter icone whatsapp SIGA NO google-news

Conheça o Canibal, o assustador dragão selvagem

O Canibal era negro como carvão, com olhos verdes ameaçadores. Ele era o maior e o mais antigo dos três dragões completamente selvagens que habitavam Pedra do Dragão, sendo os outros dois Sheepstealer e Grey Ghost.

O povo comum da ilha o chamava de Canibal porque ele praticava canibalismo, se alimentando de dragões mortos, dragões recém-nascidos e ovos de dragão.

A idade exata do Canibal ainda não foi declarada. Diz-se que o dragão selvagem Sheepstealer eclodiu quando o Velho Rei era jovem - ou seja, no início do reinado de Jaehaerys I Targaryen. Diz-se que o Canibal foi o mais velho e o maior dos três dragões selvagens, sendo portanto ainda mais antigo que Sheepstealer.

Alguns entre o povo comum de Pedra do Dragão afirmavam que o Canibal habitava a ilha antes mesmo da chegada dos Targaryen em 114 a.C. Se o Canibal fosse de uma linhagem diferente de dragões completamente, isso poderia explicar por que ele era tão hostil aos outros dragões Targaryen.

No entanto, alguns meistres duvidam dessas afirmações. Além disso, para isso ser verdade, o Canibal teria que ter sido chocado no mais tardar na mesma época em que Balerion chegou a Pedra do Dragão em 114 a.C.

Balerion morreu de velhice em 94 d.C., com pelo menos 208 anos de idade, o que significa que em 129 d.C. o Canibal teria que ser pelo menos 35 anos mais velho que isso. No entanto, como Balerion é o único exemplo conhecido de um dragão que morreu de velhice, é difícil determinar se essa era uma expectativa de vida máxima típica para um dragão.

O Canibal era conhecido por atacar dragões menores. Ele se escondia na parte de trás do Dragonmont, em seu lado leste. Antes da Dança dos Dragões, pretendentes a domadores de dragões haviam tentado montá-lo uma dúzia de vezes, e seu covil estava cheio de seus ossos.

Quando o Príncipe Jacaerys Velaryon convocou cavaleiros de dragão em 129 d.C., nenhum dos que tentaram domar os dragões selvagens foi tolo o suficiente para perturbar o Canibal devido à sua reputação - e qualquer um que tenha feito isso não retornou para contar a história.

No entanto, quando Silver Denys tentou dominar Sheepstealer, o dragão arrancou seu braço. Enquanto seus filhos tentavam estancar seu ferimento, o Canibal desceu sobre eles, afastou Sheepstealer e devorou Silver Denys e seus filhos.

O Canibal foi um dos quatro dragões que sobreviveram à Dança dos Dragões.

Em 132 d.C., diz-se que durante o enterro no mar do Lorde Corlys Velaryon, o Canibal alçou voo e voou para saudar o falecido. No entanto, o Arquimeistre Gyldayn observa que isso pode ser um embelezamento posterior da história, já que o Canibal seria mais propenso a comer o corpo do que saudá-lo.

Algum tempo após o fim da Dança, o Canibal desapareceu.

A Casa do Dragão é exibida pelo Max.

O post Esse dragão de A Casa do Dragão vai aterrorizar os fãs apareceu primeiro em Observatório do Cinema.

compartilhe icone facebook icone twitter icone whatsapp