UAI

Elizangela deixou filme inédito produzido por produtora de extrema-direita

Atriz interpreta Maria em 'Oficina do Diabo', que estreia em 2024, e precisará lidar com os conflitos de um filho afastado da família e igreja

Elizangela deixou filme inédito produzido por produtora de extrema-direita Reprodução: Redes sociais
Camile Brito - Especial para o Uai clock 05/11/2023 13:25
compartilhe icone facebook icone twitter icone whatsapp SIGA NO google-news

A atriz Elizangela, que morreu na última sexta-feira (3), vítima de parada cardiorrespiratória, deixou um filme inédito, que irá estrear em maio do próximo ano.

Leia Mais

No longa, ela interpreta 'Maria'. "Oficina do Diabo", é um filme da produtora de extrema-direita 'Brasil Paralelo'.

Conforme a sinopse, Maria é uma mãe que vê o filho se distanciar da família e da igreja: "A personagem precisa encontrar uma forma de afastá-lo das más influências, ao mesmo tempo em que precisa lidar com seus traumas do passado", diz o texto. 

Elizangela era anti-vacina e se recusou a tomar a vacina da Covid-19. No último ano, a atriz foi internada devido às complicações da doença. No entanto, o empresário, Lauro Santana, afirma que a morte da bolsonarista não tem a ver com a falta da vacina: "Ela não estava doente e conversamos muito na noite anterior. Rimos muito e falamos do projeto de teatro que ela iria fazer. Estava muito feliz que iria voltar ao teatro. É isso. Muito triste. (Ela tinha enfisema) Mas estava completamente controlado. Importante: Não teve nada relacionado a Covid-19 conforme muitos publicaram. Ela estava muito bem"

 

compartilhe icone facebook icone twitter icone whatsapp