Espetáculo Simples Assim

DATA

  • 05/10/2019 à 06/10/2019
  • Hora início: 19:00
  • Hora fim: 20:20

LOCAL / INFO

PREÇOS

  • Sábado - 19h - Inteira:100,00
    Sábado - 19h - Meia:50,00
    Sábado - 21h30 - Inteira:120,00
    Sábado - 21h30 - Meia:60,00
    Domingo - 19h - Inteira:100,00
    Domingo - 19h - Meia:50,00

Em uma produção original da Turbilhão de Ideias e apresentação do Circuito Cultural Bradesco Seguros, a peça Simples Assim estreia nos dias 5 e 6 de outubro, sábado, às 19h e 21h30 e no domingo, às 19h, no Teatro SESIMINAS (Rua Padre Marinho, 60 - Santa Efigênia, Belo Horizonte/MG). Baseado na obra da colunista do jornal O Globo e cronista Martha Medeiros, o texto foi adaptado pela própria autora ao lado de Rosane Lima. No elenco da peça estão as atrizes Julia Lemmertz, Georgiana Góes e o ator Pedroca Monteiro, com a direção de Ernesto Piccolo.

Sucesso de público e crítica no Rio de Janeiro, a peça é marcada por histórias entrelaçadas e apresenta figuras simultaneamente distópicas e reais, como um casal que apenas interage pelo celular, uma mulher que contrata uma dublê de si mesma e uma jovem que decide viajar para Marte e abandonar o amante. Em todos os casos, há espaço para uma indagação: para onde foi a simplicidade do afeto tête-à-tête? O enredo traz reflexões sobre a roda da vida e os humanos em meio ao caos moderno, à solidão tecnológica, soterrados por informações e desencontros.

A comédia reflete sobre o cotidiano, com muito humor e afeto, como é usual na obra da escritora, uma das mais celebradas cronistas brasileiras. Os atores se revezam em vários personagens, em dez cenas, numa estrutura inspirada em A Ronda, clássico do austríaco Arthur Schnitzler. De acordo com Martha Medeiros, eles trazem um espírito meio esquizofrênico desta época. "A vida é difícil, mas a simplicidade salva. Corruptos existem, mas eles nada podem contra a morte. A tecnologia nos domina, mas o amor segue imperioso. Tudo se entrelaça. É um texto para rir e pensar sobre essa birutice toda", comenta.

Segundo a autora, as cenas exploram detalhes dessas relações no cotidiano. "Olhamos o que permanece de humano nos personagens em meio a tantas transformações. Montar a peça hoje é abrir um espaço de pensamento e, ao mesmo tempo, de prazer para os espectadores, desejando que eles possam rir e refletir sobre nossa linda e atribulada humanidade".

http://checkout.tudus.com.br/centro-cultural-sesiminas--simples-assim--/selecione-seus-ingressos

+EVENTOS

Eventos