Mostra Madonas Brasileiras

DATA

  • 16/05/2019 à 18/07/2019
  • Hora início: 10:00
  • Hora fim: 18:00

LOCAL / INFO

PREÇOS

  • Entrada Franca

O Museu Inimá de Paula abriu as portas para a exposição "Madonas Brasileiras", da mineira Leonora Weissmann, no = dia 16 de maio. A exibição é da mais recente e inédita produção da artista, composta e agrupada por três trabalhos - duas grandes séries de pinturas, têmperas (técnica de pintura), vídeo e uma obra realizada especialmente para o espaço do museu.

Com curadoria de Manu Grossi, a mostra abriga quase uma centena de trabalhos, que são realizados em variadas técnicas, formatos e suportes. Revelam os principais assuntos e interesses de pesquisa da artista em toda sua carreira, são eles: a maternidade, a família, o retrato, a apropriação da imagem fotográfica, o lugar da mulher branca e negra na sociedade e sua representação.

As Madonas são telas feitas a partir de fotografias das escravas conhecidas como amas de leite, um registro comovente e perturbador de parte da história do Brasil. "Foi um esgotamento emocional dessas imagens, repetindo, desdobrando, buscando uma aproximação a essas histórias, negras e crianças", conta Lenora.

Em outro trabalho, "Folhas e Ossos", são exibidas três pinturas em grande formato feitas diretamente nas paredes da sala expositiva e que recebem paisagens estratificadas, duos cromáticos de silhuetas de folhagens e ossadas inventadas como se realizassem um poema sobre a memória, sobre a pele, sobreposições de formas e contraformas. 

"Espaços para o esquecimento" é o terceiro conjunto de obras e consiste em várias páginas, composições realizadas com a técnica de transferência de imagens e textos apropriados de jornais, revistas, fotografias e livros. São folhas diagramadas geometricamente e quase ilegíveis. 

Os três grupos formam um grande corpo, uma única obra que  abre um diálogo sobre a memória, a história contada através das camadas e sobre a própria pintura pós advento fotográfico, seu corpo, seu pensamento.  A exposição conta com o apoio da AM Galeria e Arte Molduras.

 

Sobre a Lenora Weissmann

É graduada em pintura e gravura, com mestrado em artes pela Escola de Belas-Artes da UFMG. Participou de diversas exposições coletivas e individuais no Brasil e no exterior, nas áreas das artes plásticas e gráficas, atuando principalmente com obras em tinta com exposições na AM Galeria de Arte (MG), SP-Arte (SP), Galeria de Arte da Cemig (MG), Espaço Cultural Vallourec (MG), Museu Mineiro (MG), Sesc-Ribeirão Preto (SP), Espaço Cultural BDMG (MG), Instituto dos Arquitetos do Brasil (MG), Palácio das Artes (MG), Exposição Fiat Mostra Brasil no porão da Bienal de São Paulo (SP), VII Salão do Recôncavo, entre outras além de exposições na Africa, Itália, França e Suíça.

 

O MUSEU INIMÁ DE PAULA

- Inaugurado em 2008, na Rua da Bahia, nº 1201, onde já funcionou o Clube Belo Horizonte e o Cine Guarani

- É gerido pela Fundação Inimá de Paula, fundada em 1998 com a missão de preservar, divulgar e resguardar a obra do artista. Tem cerca de duas mil obras registradas de Inimá de todo o acervo, são expostas cerca de 80 obras do artista por vez. Elas estão em constante rodízio e acompanhadas da remontagem de seu Atelier, Sala de Autorretratos e Galeria Virtual

- Só no salão central do Museu, existe uma exposição permanente do mestre mineiro das cores com mais de 100 obras

- A galeria virtual do museu mostra todas as 1860 obras de Inimá de Paula, catalogadas ao longo de 10 anos

- Possui um exclusivo espaço cultural multiuso, capaz de abrigar várias exposições paralelas por ano e conta com um teatro cinema com capacidade para 130 pessoas.

- O museu está dentro do Projeto de Manutenção 2019, que conta com o patrocínio do Banco Santander e Banco Inter.

 

SERVIÇO

Mostra Madonas Brasileiras

Data: 16 de maio a 28 de julho

Endereço: Rua da Bahia, 1201, Centro, Belo Horizonte.

Entrada gratuita.

http://www.museuinimadepaula.org.br/

+EVENTOS

Eventos