Orquestra Ouro Preto e Antônio Nóbrega - Tirando a Casaca

DATA

  • 17/03/2019 à 17/03/2019
  • Hora início: 11:00
  • Hora fim: 12:30

LOCAL / INFO

PREÇOS

  • Inteira:25,00
    Meia:12,50

Orquestra Ouro Preto e Antônio Nóbrega exaltam a brasilidade no concerto Tirando a Casaca

A apresentação será neste domingo, 17, às 11h, no Grande Teatro do Sesc Palladium ingressos estão à venda por R$ 25,00 (inteira) e R$ 12,50 (meia)

A brasilidade está em alta nas produções culturais em cartaz na capital mineira. A Orquestra Ouro Preto e o Cirque Du Soleil são exemplos de grupos que se apresentam neste final de semana em BH exaltando a brasilidade em suas produções. Enquanto a companhia canadense encena pela última vez em BH o espetáculo OVO a Orquestra Ouro Preto promove um encontro com um dos grandes nomes da cultura popular brasileira, o multiartista pernambucano Antônio Nóbrega, no espetáculo Tirando a Casaca. O concerto será realizado no domingo, 17 de março, às 11h, no Grande Teatro do Sesc Palladium (R. Rio de Janeiro, 1046, Centro). Os ingressos estão à venda e podem ser adquiridos por R$ 25,00 (inteira) e R$ 12,50 (meia) no ingressorapido.com.br ou na bilheteria do Palladium.

A parceria entre a Orquestra Ouro Preto e Antônio Nóbrega teve início há três anos, em apresentação única, em Belo Horizonte. A união encantou o público presente que, à época, lotou o Grande Teatro do Sesc Palladium, emocionando milhares de pessoas.

Considerado um dos mais versáteis e completos artistas da atualidade, Nóbrega é um marco na música brasileira, responsável por inserir um novo modo de conceber e tratar o som, com foco na busca pelas origens da música genuinamente nacional. Instrumentista, cantor, bailarino e compositor, a obra de Nóbrega funde-se com diversos aspectos da cultura do país, surpreendendo pelas possibilidades de novos sons.

Tirando a Casaca é um espetáculo que une a música de concerto, música popular e dança, tendo como protagonistas a Orquestra Ouro Preto e Nóbrega que prestam homenagem a Ariano Suassuna e ao Movimento Armorial, convidando o público a um mergulho profundo nas raízes musicais brasileiras, a partir de obras que viajam entre o frevo, o maracatu e outros ritmos nordestinos.

O repertório reverencia a obra de Nóbrega e de compositores que fizeram parte do Movimento Armorial, a exemplo de Capiba. Através da dança, da voz e da orquestração, a união entre esses dois universos resulta em releituras inéditas de peças como Mateus Embaixador,CanjiquinhaDespedidaTirando a Casaca, Galo de OuroMourão e tantas outras.

A Orquestra

Uma das mais prestigiadas formações orquestrais do país, a Orquestra Ouro Preto tem como diretor artístico e regente titular o maestro Rodrigo Toffolo. Premiado nacionalmente, o grupo jovem vem se apresentando nas principais salas de concerto do Brasil e do mundo. A orquestra foi criada em 2000 e seu trabalho é marcado pelo experimentalismo e ineditismo.

Maestro Rodrigo Toffolo

Rodrigo Toffolo é diretor artístico da Orquestra Ouro Preto desde sua fundação, em 2000, e assumiu a regência titular do grupo em 2007, após formação junto ao Maestro Ernani Aguiar, um dos maiores compositores e pesquisadores brasileiros em atividade. Doutorando em Ciências Musicais pela Universidade Nova de Lisboa (Portugal) e Mestre em Musicologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rodrigo Toffolo imprimi na Orquestra uma visão ampliada de gestão e musicalidade, que ele gosta de conceituar como excelência e versatilidade.

Serviço

Orquestra Ouro Preto e Antônio Nobrega: Tirando a Casaca

Data: 17 de março, domingo

Horário: 11h

Local: Grande Teatro do Sesc Palladium (R. Rio de Janeiro, 1046, Centro)

Atrações: Orquestra Ouro Preto e Antônio Nobrega

Ingressos: R$ 25,00 (inteira), R$ 12,50 (meia) e R$ 10,00 (cliente Sesc)

Informações: www.orquestraouropreto.com.br

http://www.orquestraouropreto.com.br

+EVENTOS

Eventos