Tempo de relaxar: Rio das Ostras te convida para um final de semana incrível

A semana foi corrida! A pressão diária do trabalho, o estresse do trânsito e os cuidados com os filhos são motivos para nos deixar inquietos, loucos para tirar férias e descansar. Aproveitando a entrada do mês de junho e a proximidade das férias escolares, que tal se programar para passar um fim de semana repleto de tranquilidade em Rio das Ostras?

por Paulo Pianetti* 09/06/2017 12:00
Prefeitura de Rio das Ostras/Divulgação
(foto: Prefeitura de Rio das Ostras/Divulgação)
Localizada estrategicamente na Região dos Lagos, na zona Norte do estado do Rio de Janeiro, a cidade de 136 mil habitantes é uma das que mais crescem no Brasil e tem o turismo como uma das principais atividades econômicas. A cidade está a 170 quilômetros da capital do estado, posicionada na Costa do Sol, e apresenta um cenário exuberante. Pelos 28 quilômetros de litoral encontram-se belas praias e diversos tipos de bares e locais de entretenimento. Segundo a Prefeitura de Rio das Ostras, a cidade tem 15 praias conservadas e encantadoras, que oferecem águas limpas e calmas, ideais para um belo banho de mar. Os aventureiros e amantes do surfe também estão convidados para desfrutar de algumas praias de águas agitadas. Os destaques ficam por conta da Praia das Tartarugas, local com enorme incidência de tartarugas, e da Praia de Costa Azul, local de encontro dos surfistas, praticantes de bodyboarding e pescadores. As outras treze praias são: Praia do Abricó; Praia do Centro; Praia do Bosque; Praia do Cemitério; Praia da Boca da Barra; Praia da Joana; Praia Virgem; Praia das Areias Negras; Praia do Remando; Praia Enseada das Gaivotas; Praia de Itapebusses; Praia do Mar do Norte e Praia das Pedrinhas.

Praia do Centro foi eleita uma das mais belas do Rio de Janeiro

Rio das Ostras tem cerca de 65 estabelecimentos de hospedagem, divididos entre hotéis e pousadas. Segundo dados divulgados pelo site da prefeitura, são mais de 2.500 leitos. Aos que não encontrarem hospedagem ou preferirem outra possibilidade, vale pesquisar redes hoteleiras e de pousadas em Macaé, cidade vizinha, que fica a menos de 10 quilômetros. Tal como as hospedagens, estão em grande número as opções gastronômicas. Seja no Centro ou na orla dos bairros, é possível encontrar diversos tipos de bares, restaurantes e quiosques. Para desfrutar das delícias gastronômicas do Rio de Janeiro, o turista encontra bares na praia, restaurantes chiques, e para almoço, quiosques também na beira da praia.

O local é preservado como um patrimônio natural. Afinal, a natureza é a marca de Rio das Ostras. Historicamente falando, a cidade é umas das poucas que oferecem praias, lagos e circuitos ecorrurais. Na década de 1960, a cidade foi demarcada por pesquisadores como local em que habitavam caçadores e seminômades. Os jesuítas foram os primeiros a construirem na cidade, levantando monumentos como a antiga igreja e o Poço de Pedras do Largo de Nossa Senhora da Conceição. Conhecido também como Poço de Pedras, registros históricos apontam que o local era utilizado pelos antigos navegadores como meio de conseguir água potável. No início do século 20, Rio das Ostras era conhecida como a Terra dos Peixes, uma aldeia simples, lar de alguns pescadores. Desde a sua emancipação político-administrativa, em 1992, a cidade é considerada a que mais cresce no interior do estado, atingindo números de 10% ao ano.

Como a natureza é o ponto forte da cidade, encontrar parques e praças floridas é comum. O Parque Natural Municipal dos Pássaros é um ambiente de preservação natural, abrigando espécies ameaçadas de pássaros. O turista poderá visitar todo o parque e suas vegetações, além de se deparar com um dos maiores viveiros convencionalistas do nosso país. A Praça da Baleia também é um ponto visitado na cidade. A área abriga a escultura metálica de uma Baleia Jubarte de mais de 20 metros. A obra pertence ao artista plástico Roberto Sá, sendo a maior homenagem a um mamífero marinho no mundo.
Prefeitura de Rio das Ostras/Divulgação
A cidade promove todo ano o Ostras Cycle para quem á amante das motos e de muito Rock'n'' Roll (foto: Prefeitura de Rio das Ostras/Divulgação)

Datas especiais, como réveillon, carnaval e semana santa, também agitam a cidade, assim como o Festival de Jazz e Blues – um dos melhores do gênero no mundo – chega à sua décima edição. Este ano, ele será realizado nos dias 18, 19 e 20 de novembro, com a participação de dezenas de artistas nacionais e internacionais. Outro evento tradicional é o Ostras Cycle, que chega à 22° edição. O encontro, que integra o calendário festivo da cidade, reúne centenas de motociclistas e um espaço para apresentação de bandas de rock. A última montagem do evento injetou cerca de R$ 6,5 milhões na economia local.

* Estagiário sob a supervisão do subeditor Carlos Altman

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE TURISMO