Quer curtir a semana santa fora de Minas? Veja as dicas

Aproveite o feriadão para experimentar novos roteiros e descobrir festividades por todo o planeta

10/04/2017 18:47

GermanyTour/Divulgação
verdadeira obra de arte os ovos pintados para a Páscoa, em Schleife, na Alemanha (foto: GermanyTour/Divulgação)
A tradição é católica, mas independentemente da crença, poucos resistem aos símbolos mais conhecidos da Páscoa: coelho e ovos de chocolate. Três dias depois da crucificação e morte de Jesus, na Sexta-feira Santa, os fiéis celebram o momento da ressurreição de Cristo. Trata-se de um feriado religioso, apesar de ser uma data móvel. No ano de 325, o Concílio de Niceia definiu que a Páscoa seria no domingo seguinte à primeira lua cheia depois do equinócio de primavera do hemisfério norte.


Dessa forma, o feriado de Páscoa é celebrado a cada ano numa data diferente. Ele serve como ponto de partida para datas importantes da Igreja Católica, como a quaresma (40 dias antes do domingo de Ramos, que ocorre uma semana antes do domingo de Páscoa), o Pentecostes, comemorado 50 dias depois do domingo de Páscoa, que marca a descida do Espírito Santo sobre os apóstolos de Jesus Cristo.

Celebrações

Muitas regiões do globo comemoram a Páscoa, cada uma à sua maneira. Por isso, o Turismo selecionou algumas cidades que têm programação especial para celebrar a data.

 


Sevilha (Espanha)

Visit Spain/Divulgação
Tradição católica é muito forte em Sevilha, na Espanha (foto: Visit Spain/Divulgação)

A cidade é uma das mais conhecidas quando o assunto é a comemoração da semana santa. Desde o período Barroco, a morte e ressurreição de Cristo é encenada nas ruas da região espanhola. Várias irmandades religiosas – representando suas imagens de devoção – se reúnem para dar vida ao desfile, que torna Sevilha um destino ainda mais interessante para os católicos. A rota de peregrinação começa na igreja de cada irmandade e segue até a catedral da cidade, enquanto os fiéis cantam das sacadas dos prédios. É possível ainda reservar um lugar para ver os desfiles mais confortavelmente. 
» Mais informações: 
www.hermandades-de-sevilla.org

York (Inglaterra)
YorkEasterguide/Divulgação
York, na Inglaterra é uma tentação para os amantes do chocolate (foto: YorkEasterguide/Divulgação)

Quem vai para a cidade inglesa tem diversão garantida na data comemorativa. No Festival de Páscoa de York é possível visitar uma feira de chocolates – com degustações e workshops – e uma tenda de atividades, onde as crianças podem participar de pintura de rosto, aulas de artesanato e contação de histórias. Além disso, as famílias podem fazer a trilha de chocolate de Páscoa: depois de pagar um valor destinado à caridade, os participantes precisam desvendar enigmas pela cidade para encontrar o prêmio final.

Vaticano (Itália)
Alberto PIZZOLI /AFP
Todos querem estar próximo do Papa durante a celebração santa (foto: Alberto PIZZOLI /AFP)

Era de se esperar que a sede da Igreja Católica tivesse uma programação especial para a semana santa. As celebrações especiais começam no domingo anterior à Páscoa, na missa do domingo de Ramos e da Paixão de Jesus. Na Sexta-feira Santa é realizada a Via-Crúcis, no Coliseu, e, no sábado, o turista pode participar de uma vigília. Para participar da santa missa do domingo de Páscoa, celebrada pelo papa, é preciso solicitar um convite no site do Vaticano. 
» Mais informações: w2.vatican.va

Schleife (Alemanha)
GermanyTour/Divulgação
Os ovos %u2013 símbolo de fertilidade %u2013 são meios de evitar que espíritos ruins e a má sorte entrem em suas casas. (foto: GermanyTour/Divulgação)

O turista que estiver em Berlim ou Dresden, por exemplo, pode aproveitar para fazer uma viagem de no máximo duas horas para conhecer o mercado de ovos de Páscoa sorábios. Na tradição do povo eslavo, minoria que vive em alguns estados do Leste alemão, as pinturas de ovos – símbolo de fertilidade – são meios de evitar que espíritos ruins e a má sorte entrem em suas casas. A tradição é repetida desde o século 17.

Curitiba
Secretaria Municipal da Comunicação Social/Divulgação
Bênção dos alimentos, em Curitiba, faz parte da tradição eslava para celebrar a Páscoa (foto: Secretaria Municipal da Comunicação Social/Divulgação)

A presidente do Instituto Municipal de Turismo de Curitiba, Tatiana Turra, enaltece a cultura das etnias que formam a cidade, que considera uma das grandes riquezas locais. “Em Curitiba, as comunidades de tradição eslava são bastante numerosas e guardam belos costumes para celebrar a Páscoa, como a bênção dos alimentos ”, afirma. No Bosque João Paulo II, onde está o Memorial Polonês, a comunidade polonesa realiza sua versão da festividade, que tem início às 12h, com almoço típico. O evento segue com a apresentação da Banda Lyra de Curitiba, às 13h30, e depois, apresentações de grupos folclóricos. Outra alternativa no roteiro religioso de Páscoa é a apresentação da encenação da Paixão de Cristo, realizada pelo Grupo Lanteri. O evento ocorre tradicionalmente na Pedreira Paulo Leminski e é aberto ao público, com a doação de um quilo de alimento não perecível, que será doado para a Fundação de Ação Social de Curitiba (FAS).

 

 Canela (RS)

Prefeitura de Canela/Divulgação
Canela se prepara para fazer o turista entrar no clima (foto: Prefeitura de Canela/Divulgação)

As luzes e decorações especiais transformam o feriado da Páscoa em um espetáculo na cidade gaúcha. É uma tarefa quase impossível não esbarrar com um coelho de pelúcia enquanto se caminha pelas ruas do local. Entre as atrações especiais estão feiras, encenações da morte e ressurreição de Cristo, missas e apresentações musicais. Quem tiver ânimo também pode dar um pulo na cidade vizinha, Gramado. No Festival do Chocolate e no Gramado Aleluia, o turista participa de cerimônias religiosas, apresentações artísticas e atividades especiais para as crianças.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE TURISMO