Guadalajara: cidade das tradições mexicanas e da tequila

Bem que falavam que o México era tudo de bom. As pessoas, a cultura, a história, a gastronomia, as bebidas típicas, como a tequila, os mariachis, músicos que tocam o gênero musical típico da região, e as tradições.

17/01/2017 07:00
 
VisitMexico/Divulgação
Símbolos da música mexicana, os mariachis são reconhecidos como patrimônio cultural imaterial da humanidade (foto: VisitMexico/Divulgação)
 
Uma viagem a Guadalajara, segunda maior cidade do país, com 1,5 milhão de habitantes, pode ser combinada com vários “bate e volta” para Tequila, Tlaquepaque, Ilha de Mezcala e Guachimontones, a cerca de uma hora cada. 
 
O Palacio do Gobierno de Jalisco, na Plaza de Armas, é um dos lugares mais lindos que já conheci. A coleção de painéis espalhada por todas as salas é impressionante. São pinturas enormes, feitas pelo artista local José Clemente Orozco, que retratam a época da pós-Revolução Mexicana, em 1920, e pretendiam despertar o amor das pessoas pelo país.

A Catedral Basílica La Asunción de María é imponente construção de pedra do século 16, com icônicas torres amarelas. Em seu interior, o destaque é o corpo de Santa Inocência, embalsamado há mais de 300 anos, símbolo de devoção do México, pois representa a pureza das crianças.

O Instituto Cultural Cabañas, na Plaza Tapatia, é patrimônio mundial da humanidade e guarda a obra-prima do muralismo mexicano, feita por José Clemente Orozco. Uma pintura na abóbada da igreja, com ilusão de ótica, nos dá a impressão de que o pé do homem está virado para nós, seja de qualquer um dos ângulos que se olhe.

O Mercado Libertad/San Juan de Dios é a síntese do México. Pelos corredores estreitos estão centenas de barracas, que vendem artigos para charrería, esporte tradicional do país, tipo rodeio, com celas que chegam a custar R$ 10 mil. Tem ainda os sombreiros, os ponchos, os suvenires de caveira, as comidas típicas, como as tortas ahogadas, sanduíche à base de pão com carne de porco e molho picante, e os “mariachis” – nome dado aos músicos que tocam o gênero musical típico da região – cantando no pátio.

TEQUILA

Luana Bastos/EM
Na fábrica Mundo Cuervo, em Tequila, veja a produção da bebida que leva o nome da cidade (foto: Luana Bastos/EM)
 

Até antes do convite para esta viagem, achava que tequila era somente o nome da bebida mais conhecida do México. Mas descobri que Tequila é uma cidadezinha histórica muito charmosa, a 40 minutos de Guadalajara.

É claro que a bebida que tem esse nome foi criada lá, em 1758, por José Cuervo, marca bem conhecida pelos brasileiros. Com ruas de paralelepípedo e casinhas coloridas, a cidade lembra Tiradentes. Tem até um trem turístico que liga Tequila a Guadalajara, no qual o passeio custa 950 pesos, cerca de R$ 190.

A principal atração é a fábrica Mundo Cuervo, onde você conhece todo o processo de produção da bebida e, no fim, faz uma degustação comparativa entre os três tipos existentes: blanco – direto do alambique para a garrafa; reposado – envelhecida em barris por seis meses; e añejo – envelhecida em barris por 18 meses.
 

 
Serviço

GUADALAJARA
– Onde comer
Tacos Providencia – uma das comidas mais conhecidas do México, os tacos nada mais são que tortilhas de milho recheadas, na maioria das vezes, com carne de porco e frango. Vêm acompanhados de vinagrete e chilis com os mais variados graus de picância.

Santo Coyote – lugar surpreendente que, por meio da comida, da bebida, da música e da dança, apresenta toda a energia do país. São diversos ambientes decorados misturando o divino e o profano. Os garçons preparam o guacamole na mesa, de acordo com o gosto do cliente. www.santocoyote.com.mx

La Postrería – supervanguardista, este espaço mescla gastronomia molecular e ambiente hipster. Os pratos são totalmente diferentes de tudo que já comi e são feitos pelos chefs aos olhos do cliente. A melhor opção é pedir o menu, para provar delícias como o macaron com essência de incenso. www.lapostreriagdl.com

– Onde ficar
NH Hotel – com excelente localização, no Centro Histórico de Guadalajara, este hotel é todo modernoso, quartos espaçosos, amenites cheirosos, internet boa e café da manhã dos deuses servido no terraço, com vista para a Plaza de Armas. www.nh-hoteles.pt

TEQUILA
– Onde comer
La Antigua Casona – este lindo restaurante, na praça principal da cidade, oferece o que tem de melhor da gastronomia mexicana. Anexo ao Solar de las Ánimas, fica em um pátio central, com mesas dispostas em volta de uma fonte.

Onde ficar
Solar de las Ánimas – o hotel faz parte da exclusiva associação Relais & Chateaux, que reúne hotéis-butique em volta do globo. O Solar tem acomodações personalizadas e até um oratório/bar. www.hotelsolardelasanimas.com

TLAQUEPAQUE
– Onde comer
Casa Luna – este restaurante é um espetáculo! Tanto pela decoração que beira o brega e remete a enfeites de Natal, mas tem uma pompa única que a transforma em chique, quanto pela orgia gastronômica que se vive ali. São pratos e mais pratos deliciosos, que chegam lindamente à mesa.

ILHA DE MEZCALA
– Onde comer
La Vita Bella – este restaurante tem uma vista de dar inveja. Lá você pode almoçar de frente para o lago, com o vulcão Cerro Viejo ao fundo, um deleite para os olhos. As pastas produzidas na hora ficam secando na janela da cozinha e, quando combinadas com um salmão, ficam deliciosas. www.lavitabella.mx

MÉXICO
Como ir
Copa Airlines – voos diários de Belo Horizonte para Guadalajara, com conexão na Cidade do Panamá – www.copaair.com
Sin Fin de Servicios – transfer aeroporto/hotel/aeroporto e passeios – www.sinfindeservicios.com
Dragonfly – guia de turismo – www.dragonfly.pro
MMTGapnet 
 
 
 
 


VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE TURISMO