Nos arredores de Guadalajara, cidades imperdíveis

por Luana Bastos 17/01/2017 06:00
 
VisitMéxico/Divulgação
Tlaquepaque (foto: VisitMéxico/Divulgação)
Como não amar Tlaquepaque? Primeiro, porque o nome é quase um trava-língua, que caiu no gosto do nosso grupo, que agora usa a palavra para designar quase tudo de bom que ocorre.

A cidadezinha colonial tem uma via principal, Andador Independencia, onde estão as galerias de arte, lojas de artesanato, bares e restaurantes. Além das lojas, você encontra pessoas vendendo seus trabalhos, como pinturas, bordados e bijuterias, em tendas espalhadas pelo calçadão.

O Museo Regional de la Ceramica reúne objetos da era pré-hispânica até os dias atuais. Um dos destaques são as miniaturas, que retratam, com riqueza de detalhes, o dia a dia da população.

Ao fim das compras, você pode descansar em um dos restaurantes do El Parián, mercado localizado no fim da rua, fechada para pedestres. Além de se deliciar com as comidas típicas, poderá ouvir o som dos mariachis.

Ilha de mezcala

Já a Ilha de Mezcala guarda ruínas do que um dia foi um forte e uma prisão. O lugar tem uma energia muito forte, que pode ser sentida em sua máxima no círculo onde eram feitos os altares de sacrifício.

Para se chegar à ilha você desce na cidade de Poncitlán e pega um barquinho para fazer a travessia. Se o lago tiver agitado, você terá uma travessia emocionante, como foi a nossa.

Do alto do forte tem-se uma vista maravilhosa da região. Prepare a câmera, pois a combinação das ruínas com o Lago de Chapala, maior do México, rendem fotos espetaculares.

Depois do passeio pela ilha, Ajijic merece uma visita. O povoado à beira do lago, que tem estampado em suas paredes pinturas do cotidiano mexicano, agrada aos turistas, que descem da praça até o calçadão observando a arte. No trajeto, inúmeros bares, restaurantes e lojinhas de artesanato deixam o passeio ainda mais agradável.

GUACHIMONTONES

Luana Bastos/Divulgação
Única pirâmide circular do mundo, com 10 metros de altura e rodeada por 10 plataformas retangulares fica em Ghachimontones (foto: Luana Bastos/Divulgação)
 

Mas o meu lugar preferido no México foi mesmo Guachimontones, para mim, cheio de simbolismo e de magia. Não sei se foi porque tivemos um dos guias de turismo mais sábios que já conheci, o Salvador, mas Guachimontones, com seu sítio arqueológico de 350 a.C., ganhou meu coração.

Aqui está a única pirâmide circular do mundo, com 10 metros de altura, 38 metros de largura e 52 degraus, rodeada por 10 plataformas retangulares. O lugar é magnífico e guarda muitas histórias da Tradicion Teuchitlan, povos que habitavam a região na época da construção das pirâmides.

O lugar tem ainda um espaço que era usado para o jogo de pelotas, tipo futebol, mas jogado com a cintura. Muitas vezes, o vencedor era oferecido aos deuses como recompensa, por ser o melhor da tribo, e acabava sendo sacrificado e canibalizado pelos colegas.

Como pode, há tantos anos, este povo ter construído essas pirâmides que estão de pé até hoje? Eles eram muito inteligentes e souberam perpetuar sua história, encantando pessoas de todo o mundo que passam por lá hoje para ver essas maravilhas.

HOTÉIS-FAZENDA

Agora, se você é daqueles que adoram luxo e exclusividade, Guadalajara também é seu destino! No entorno da cidade existem diversos hotéis-fazenda que são refúgios para os hóspedes.


A Hacienda Lomajim (www.haciendalomajim.com) fica de frente para penhascos vertiginosos, de tirar o fôlego. As acomodações são todas luxuosamente decoradas. E a gastronomia é comandada por um time de chefs, que apresentam o melhor da culinária internacional. A igrejinha da propriedade e o espaço para eventos com capacidade para até 600 convidados, tem atraído cada vez mais noivas que procuram por um casamento exclusivo.

Na Hacienda El Carmen (www.haciendaelcarmen.com.mx), o enorme casarão de tijolinho à vista e um amarelo-ocre surpreende quem chega. São 10 janelas enfileiradas, além de um imenso jardim, que tem até arqueduto. Os quartos são todos muito bem decorados, o restaurante é divino, e tem vários espaços para eventos, mas a melhor parte daqui é o spa, que oferece banhos e massagens relaxantes.


*A repórter viajou a convite do Conselho de Promoção Turística do México, das secretarias de Turismo de Jalisco e de Guadalajara e da Copa Airlines
 
 



VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE TURISMO