Para os amantes da bike e da natureza

Parque do Ibitipoca ganha roteiro voltado para o ciclismo e o jeep tour, entre outros

por Pedro Ferreira 20/12/2016 07:12
Reprodução Internet
Trajeto prioriza estradas de terra entre vilarejos, montanhas e vales da região (foto: Reprodução Internet)


O Parque Estadual do Ibitipoca, uma das unidades de conservação mais visitadas de Minas, na Zona da Mata, ganhou mais um atrativo: o Roteiro Turístico Volta das Transições, direcionado principalmente para os amantes da bicicleta e que também contempla a cavalgada, o jeep tour, o motociclismo e a caminhada.


O roteiro foi idealizado pela associação dos municípios locais – Bias Fortes, Bom Jardim de Minas, Ibertioga, Lima Duarte, Olaria, Pedro Teixeira, Rio Preto, Santa Rita de Ibitipoca, Santa Rita de Jacutinga e Santana do Garambéu. O trajeto, que percorre todos esses municípios, que compõem o Circuito Turístico Serras de Ibitipoca, prioriza as estradas de terra entre vilarejos, montanhas, vales e outros atrativos da região.


De acordo com o secretário-adjunto de estado de Turismo, Gustavo Arrais, a nova rota dá mais visibilidade ao turismo mineiro. “Por meio do novo roteiro e das novas atividades espera-se alavancar o número de visitantes e, consequentemente, possibilitar maior desenvolvimento para o turismo mineiro”, disse Arrais.


O nome Volta das Transições se refere à região onde o roteiro está inserido, que inclui importantes transições de vegetação, relevo, história e cultura. De acordo com o Ministério do Turismo, mais de 450 mil estrangeiros visitaram o Brasil, motivados pelo cicloturismo, em 2014.

ALTERNATIVOS Outro estudo do Ministério mostra que 14,3% dos brasileiros que pretendem viajar nos próximos seis meses devem optar por meios de transporte alternativos, como bicicletas e motorhome.


Em comparação com o índice registrado em 2015, houve crescimento de 155,3%. “Estamos atentos às tendências do mercado mundial do turismo. Tal projeto veio para incentivar a diversificação da oferta turística no estado”, destaca o analista da Diretoria de Planejamento das Políticas do Turismo, da Secretaria de Estado de Turismo (Setur), Márcio Ribeiro.


O Parque Estadual do Ibitipoca tem área de 1.488 hectares, com diversos atrativos turísticos, como mirantes, grutas, praias, picos, as belas cachoeiras e piscinas naturais formadas pelos rios do Salto e Vermelho e o Córrego do Monjolinho. O pico da Lambada, também conhecido como Ibitipoca, com 1.784 metros de altitude, oferece vista panorâmica inigualável. (Com informações da Agência Minas Gerais).

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE TURISMO