Vai à praia? Veja alguns cuidados para não ter dor de cabeça na hora do descanso

por 29/11/2016 07:12

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Carlos Altman/EM
(foto: Carlos Altman/EM)
» Proteção
Todo mundo diz saber, mas muita gente descuida do protetor solar. Mais que a vermelhidão momentânea, o risco de câncer de pele alerta que todo cuidado é pouco. Antes de ir à praia, aplique o produto com o fator de proteção adequado para a sua cor de pele.

» Relógio
Outra informação que a maioria das pessoas diz saber são os horários de pico de incidência dos raios solares. Mesmo assim, vale reforçar: curta bastante o sol antes das 10h e depois das 16h. Nesse meio tempo, evite a exposição e prefira a sombra, sem, é claro, vacilar com o protetor solar.

» Xô, zika!
O verão é a época de reprodução do infame Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya. Assim, o repelente é item obrigatório na bagagem. A regra é a mesma do protetor solar. Após cada banho de mar ou piscina, é preciso reaplicar o produto.

» Água
Quem não gosta de uma cervejinha bem gelada na praia? Até aí, tudo bem. Só não dá para vacilar com a hidratação. Por isso, não esqueça de ingerir pelo menos dois litros de água por dia. Mais frágeis, as crianças devem ter atenção redobrada.

» Respeito
O mar é um ambiente perigoso. Correnteza, água-viva, tubarão, poluição... Fique atento e respeite os avisos colocados nas praias sobre a condição da água.

» De olho
Crianças menores de 2 anos não devem sair das vistas dos pais. Uma das principais causas de morte até essa idade é afogamento. Uma simples 'piscininha' na areia pode ser perigosa. Outro risco, principalmente em locais com grande quantidade de pessoas, é o sequestro.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE TURISMO