Experiências gastro-etílicas a bordo do navio de luxo

por Carlos Altman 15/11/2016 01:00

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
SilverSea/Divulgação
Champanhe é a bebida preferida dos passageiros (foto: SilverSea/Divulgação)
E foram raros os momentos em que o Silver Cloud balançou além do usual. Navegando em média, a 20 km.h, a embarcação flutuava sobre as águas e o rastro deixado era um espetáculo à parte. Todo fim de tarde era o mesmo visual: o transatlântico deixando um porto enquanto o sol sumia no horizonte. Nesta hora, sentado na varanda no Panorama Lounge,  apreciava o fim de tarde ao lado de uma taça de champanhe. 

E por falar na bebida francesa, ao longo do passeio,  percebi que ela era a preferida dos passageiros - da hora que acorda até a última gota antes de ir dormir. Não raro ver, no café da manhã, uma taça borbulhando sobre a mesa enquanto o sol ainda nem se avistava no horizonte.


Ponto de encontro



Carlos Altman/EM
Silversea é única linha de cruzeiros no mundo com Restaurante Relais & Chateaux a bordo (foto: Carlos Altman/EM)
No final do mês de setembro o clima no Mediterrâneo já não era tão quente. Mesmo assim, o deck da piscina era o local mais disputado pelos passageiros. Durante o dia, era o ponto de encontro de hóspedes de várias nacionalidades. Com tanta gente, faltava espreguiçadeiras e cadeiras. Uma falha para um navio seis estrelas. Mas, como vai se aposentar, ano que vem, das águas da Europa, o Silver Cloud passará por uma reformulação e integrará a frota de expedições da armadora.

Outro momento de interação entre os passageiros acontecia na hora do jantar. No The Restaurant, no deck 4 , a maior restaurante do navio. No cardápio, o melhor da culinária internacional. Da entrada de folhas até a sobremesa uma variedade de carnes, sopas, pescados, frutos do mar e massas.  Para cada prato, uma bebida para harmonizar aquele momento, seja com vinhos finos, espumantes leves ou uma taça de licor.
 

Experiência sensorial
Carlos Altman/EM
Risoto de queijo com folhas de ouro do Restaurante Le Champagne (foto: Carlos Altman/EM)

Mas a maior sensação gastronômica, sem dúvida, foi a experiência de saborear, por duas vezes, o menu francês do Le Champagne,- a Silversea é única linha de cruzeiros no mundo com Restaurante Relais & Chateaux à bordo. No cardápio, iguarias finas como vieiras na manteiga de trufas brancas, ovas de caviar sobre lagostas perfumadas em alecrim, risoto de parmesão com folhas de ouro, peito de pombo do campo e capuccino de cogumelos. Sem contar, os pescados nobres, que ao chegar à mesa passava por um ritual para a retirada das escamas. E o que falar da sobremesa? Nessa hora só pensava o quanto teria que malhar, no dia seguinte, na academia no último deck do navio. Uma profusão de sabores que deixava o paladar estarrecido. ( É cobrado 40 dólares pelo jantar com direito a bebidas ) 


Nesta minha primeira viagem de navio, ainda mais pela Côte D’Azur,  tive o mesmo tratamento Vip recebido pelo astros da NBA. Tudo o que foi falado, comentado e divulgado sobre o navio cheguei confirmar in loco. 


VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE TURISMO