Maior cidade do Canadá, Toronto recebe imigrantes de todas as partes

Cidade reconhecidamente marcada pela hospitalidade e diversidade cultural, Toronto recebe imigrantes de vários cantos do globo. Essa variedade de nacionalidades se reflete em suas atrações

por Vinicius Nader 20/07/2016 08:00

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Declev reinier/turista profissional/divulgação
Maior cidade do Canadá, Toronto recebe imigrantes de todas as partes (foto: Declev reinier/turista profissional/divulgação)

A cidade canadense de Toronto recebe imigrantes de vários cantos do globo e isso aparece em cada esquina, quando encontramos orientais, indianos, portugueses, sul-americanos e inclusive canadenses pelas ruas e no comando de táxis e lojas. Todo mundo se esforça para se entender nessa enorme babel do bem. A diversidade cultural acaba refletida nas atrações da cidade, especialmente na variedade temática apresentada nos museus de Toronto. Os acervos contam a história do sapato, falam sobre cerâmica, abordam esportes e religião.

Marlyana Tavares /EM /D.A Press 3 9/6/12
The Hockey Hall of Fame: os canadenses amam hóquei (foto: Marlyana Tavares /EM /D.A Press 3 9/6/12)

A ex-primeira-dama filipina Imelda Marcos se perderia nos três andares do Bata Shoe Museum, dedicado à história dos calçados. Lá, é possível conhecer a linha do tempo dos sapatos, desde quando eles eram apenas instrumentos de proteção para os pés até quando vieram os adicionais da estética e do status. Não ficam de fora sapatinhos de bebê, sapatilhas de ponta, calçados para neve e para o calor, e até uma estranha espécie de sandália para vacas. Isso sem falar na curiosidade de saber significados religiosos de calçados e de ver o que famosos como Justin Bieber, Elizabeth Taylor e o Dalai-lama (sim… eles estão lado a lado!) levam nos pés.

Se a sua paixão é por história natural, vale uma passada pelo Royal Ontario Museum (ROM). O maior museu do país abriga acervo eclético. Chamam a atenção as galerias dedicadas a esqueletos de dinossauros, ovos e informações sobre esses fascinantes animais. Mas não é só isso: as galerias que apresentam a cultura oriental, com peças da China, da Coreia e do Japão de séculos passados, não deixam nada a desejar. O local ainda recebe mostras itinerantes.

Marlyana Tavares /EM /D.A Press 9/6/12
Bata Shoe Museum: sapatos vermelhos de Marilyn Monroe ao lado da sandália de Elizabeth Taylor (foto: Marlyana Tavares /EM /D.A Press 9/6/12)

HÓQUEI
Sabe nosso amor por futebol? Pois é, no Canadá, a bola é um tanto mais chata e é conduzida com o auxílio de um taco. Eles amam hóquei. Sem distinção de gênero ou idade, tem gente se divertindo no Hockey Hall of Fame. A parte histórica – com imagens de jogos importantes e uma galeria interminável de uniformes e adereços – divide espaço com uma interessante parte interativa na qual o público participa de simulações, joga uma partida similar ao nosso totó e ainda participa de uma mesa-redonda comentando lances de partidas. Entenda o esporte e corra para um pub para assistir a um jogo ao lado dos canadenses bebendo uma das várias cervejas produzidas no país. Vai ser, no mínimo, divertido!

Um pouco mais afastados do Centro, mas igualmente procurados, estão o Aga Khan Museum, sobre a cultura islâmica; a Casa Loma, castelo neoclássico que reúne vários estilos de arte; e o Gardier Museum, com a história da cerâmica.

Ludymilla Sá/EM/D.A Press - 31/12/15
Mercado St. Lawrence é uma das atrações turísticas de Toronto (foto: Ludymilla Sá/EM/D.A Press - 31/12/15)

Visitas a mercados municipais sempre rendem um bom panorama de como funciona a cidade. E, se isso é verdade, em Toronto podemos afirmar que o frescor é a grande qualidade da cidade canadense. Peixes, cortes de carne, frutas. O frescor também marca presença no menu dos restaurantes locais. Não é raro encontrar a observação de que o salmão não é congelado ou de que o risoto é de ervilhas frescas. Por isso, nem sempre as receitas podem ser oferecidas.

Marlyana Tavares/EM/D.A Press 9/6/12
Art Gallery of Ontario: museus da cidade têm exposições diversificadas (foto: Marlyana Tavares/EM/D.A Press 9/6/12)

Ainda no mercado, os sanduíches peameal, muitos de bacon e carne de porco, valem por uma refeição completa. São tradição por lá. Não deixe de prestar atenção nas mostardas artesanais encontradas ali e também em alguns mercados da cidade. Elas têm vários sabores, como laranja com gengibre, xarope de bordo, pimenta extraforte e muitos outros. Podem dar um toque especial numa carne, acompanhar um cachorro-quente ou servirem como base de um canapé. Ideias e tipos não faltam.

Marlyana Tavares/EM/D.A Press 9/6/12
Se a sua paixão é por história natural, vale uma passada pelo ROM (foto: Marlyana Tavares/EM/D.A Press 9/6/12)
 

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE TURISMO