Devastada por incêndio, Chicago é reerguida oferece cultura e boa diversão

Cidade norte-americana, devastada por um incêndio, foi reerguida com a força de imigrantes de várias nacionalidades. Hoje, oferece cultura, boa diversão e calor humano aos visitantes

por Guilherme Araújo 25/05/2016 08:00

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

À primeira vista, Chicago pode se parecer com uma grande cidade cercada por arranha-céus. E é. Mas é muito mais do que isso. Essa cidade dos Estados Unidos conseguiu se reeguer após ser destruída por um incêndio, em 1871, e mostra toda a força e organização de um povo. Prédios modernos convivem harmoniosamente com construções que guardam a identidade de séculos passados. E a cidade respira cultura, uma infinidade de museus, bares, restaurantes que garantem a diversão dos turistas, sem deixar de lado a receptividade com que recebe seus visitantes.

Patrick L. Pyszka/Choose Chicago/Divulgação
Vista do Campus Museum. Aqui é possivel visitar, no mesmo local, o Field Museum, Shedd Aquarium e Adler Planetarium (foto: Patrick L. Pyszka/Choose Chicago/Divulgação )

 Caminhar e às vezes se perder pelas ruas cercadas de arranha-céus que mais parecem querer engolir o visitante e admirar a arquitetura moderna dos prédios, em contraste com as construções que preservam a identidade de séculos passados, pode ser um passeio mais interessante do que parece. Por trás dessa estrutura de aço há um passado de tragédia que explica a importância de mostrar toda a força e organização de um povo. Em 1871, o centro de Chicago, bairro do estado americano de Illinois, foi tomado por fogo e deixou em cinzas mais de 17 mil edifícios e um prejuízo calculado em mais de US$ 200 milhões.

O motivo do acidente: uma vaca havia golpeado uma lâmpada de querosene na Região Oeste da cidade e o fogo se alastrou. Essa informação foi publicada pelos jornais locais dias depois do incêndio, mas muitos nativos dizem, hoje em dia, que a informação não é verídica. Porém, ninguém sabe o verdadeiro motivo que causou a catástrofe.

Patrick L. Pyszka/Choose Chicago/Divulgação
Fachada do Art Institute of Chicago, eleito o melhor museu do mundo (foto: Patrick L. Pyszka/Choose Chicago/Divulgação)

Poucos anos depois do incidente, arquitetos famosos de diversas partes do mundo viajaram aos Estados Unidos para reerguer Chicago. O planejamento e o desenvolvimento arquitetônico da cidade chamaram a atenção de multinacionais, atraíram importantes empresas financeiras e deram visibilidade aos negócios. Oportunidade aproveitada até mesmo por quem trabalhava ilegalmente. Al Capone foi um deles: tornou-se um dos mafiosos mais famosos e poderosos nos anos 1920. Décadas depois, ele entrou para a lista da polícia federal dos EUA e foi preso por sonegar impostos.

Polêmicas à parte, a terceira maior cidade americana, também conhecida como Windy City (ou cidade do vento), tem o seu encanto pela diversidade populacional e cultural. Em todos os lugares, é possível encontrar pessoas de várias nacionalidades e restaurantes típicos de outros países. Mexicanos movimentam a economia da cidade ao ocupar cargos que vão desde chefias em multinacionais até serviços mais simples como garçom e recepcionista.

Paula Takahashi/EM/D. A Press - 17/9/14
É do Navy Pier que saem passeios pela orla da cidade. O local também tem restaurantes, um parque de diversões e o museu dos brinquedos (foto: Paula Takahashi/EM/D. A Press - 17/9/14)

Fênix

Os bombeiros já haviam desistido de combater as chamas que ardiam há dois dias, em 10 de outubro de 1871. O fogo teria começado, segundo a versão mais conhecida, no estábulo da fazendeira de origem irlandesa Catherine O’Leary, no lado oeste da cidade, e se espalhou rapidamente. O incêndio deixou destruídos 8 mil quilômetros quadrados de área, 17.500 casas, 300 mortos, 100 mil desabrigados e prejuízo de US$ 200 milhões. Menos de um ano depois, com ajuda e donativos enviados por pessoas de todo o mundo, a cidade que era conhecida como a rainha do oeste se reergueu das cinzas e segue – como uma fênix de aço – com uma das quatro mais importantes cidades americanas da atualidade.

Escolha o seu passeio


Cafés e lanches
» Intelligentsia Coffee
3123 North Broadway

» Yolk (cafeteria)
1120 Michigan avenue

» Portillo’s (hot dog)
100W.Lake St. addison

Pizzarias
» Uno
29 East Ohio

» Giordano’s
1040 W Belmont ave

Mirantes
» John Hancock Center
875 N Michigan ave.

» Willis Tower
233 S Wacker Dr.

Bares com música ao vivo
» Buddy Guy (pub de blues e jazz)
700 S. WABASH

» B.L.U.E.S (bar)
2519 N Halsted St

Museus

» Museu da Ciência e Indústria
» The Field Museum
» Richard H. Driehaus Museum
» Chicago Cultural Center
» Oriental Institute Museum
» Chicago History Museum
» Chicago Children’s Museum
» Adler Planetarium
» Museum of Contemporary Art
» Smith Museum
of Stained Glass Windows
» Chicago Sports Museum
» Museum of Contemporary Photography

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE TURISMO