Castelos são transformados em hotéis em países da África e Europa e atraem turistas

Relíquias dos tempos de reis e recebem turistas dispostos a vivenciar a experiência do universo do faz de conta

por Juliana A. Saad 18/05/2016 10:25

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Reprodução da internet
Castelo Ashford, na Irlanda, é uma boa opção para quem procura por um hotel luxuoso para passar as férias (foto: Reprodução da internet)

Ao contrário do que se possa imaginar, não é em um parque temático da Disney que se encontra o Castelo da Bela Adormecida. Reza a lenda que a construção verdadeira está em Hofgeismar, na Alemanha, e que o nome da princesa é, segundo o conto dos Irmãos Grimm, “pequena rosa do espinheiro” – Dornröschen em alemão.

Hoje, o Castelo de Dornröschen Sababurg, construído em 1334, hospeda quem quer embarcar no universo do popular conto de fada. Os hóspedes podem até conhecer a princesa e o príncipe durante um jantar nos aposentos do castelo. O preço mínimo de hospedagem, em um quarto duplo, é de US$ 95 – aproximadamente R$ 350. Nos arredores do castelo está a floresta conhecida como Rheinhardswald, a reserva natural mais antiga da Europa. Fundado em 1571, o parque abriga 700 animais de 80 espécies diferentes. Dentro do Tierpark Sababurg, o visitante encontra um zoológico, museu, restaurantes, entre outras atrações.

Reprodução da internet
Chamado de Torre da Rapunzel, o Castle in Clarens, na África do Sul, é atração para quem ama contos de fadas (foto: Reprodução da internet )
Chamado de Torre da Rapunzel, o Castle in Clarens é mais uma opção para quem ama contos de fadas. Fugindo um pouco da rota europeia, o hotel fica em Clarens, na África do Sul, e se parece com uma mansão medieval. Decorado para que o hóspede se sinta como um verdadeiro membro da realeza, o Castle in Clarens tem três níveis: o piso térreo, com um amplo salão, lareira e quartos de hóspedes; o nível intermediário, com a cozinha; e o piso superior, com o quarto da “princesa.” O hotel recebe um grupo de, no máximo, quatro pessoas, por vez.

A diária é de US$ 1 mil – cerca de R$ 3.600 – por pessoa durante fins de semana e feriados, caso o grupo chegue à sua capacidade máxima. O preço sobe se o número de hóspedes for menor; e, em dias de semana, a diária fica mais em conta.O castelo fica a 10 quilômetros da cidade de Clarens, ponto de encontro de vários artistas importantes. Para quem é amante da arte, vale a pena visitar o vilarejo, suas galerias de arte e lojas de artesanato. Esportes radicais também são pontos fortes da região. Rapel, tirolesa e rafting são algumas atividades oferecidas em Clarens. E no inverno, quando neva, o turista pode aproveitar as pistas de ski.

Reprodução da internet
Com estilo originalmente medieval, o Chateau de Mirambeau, na França,passou por diversas restaurações e ganhos características renascentistas (foto: Reprodução da internet )

MEDIEVAL
Durante o século 11, o Château de Mirambeau, na França, sofreu vários ataques e ficou sob a posse da Inglaterra até se tornar uma propriedade francesa, no século 15. Com estilo originalmente medieval, o castelo passou por restaurações, pois foi severamente destruído, ganhando características renascentistas. Perto do mar e de vinhedos da região de Bordeaux e Cognac, abriga hoje um hotel e é o local ideal para quem aprecia um bom vinho. Os jardins ao redor do castelo também são um atrativo, além das quadras de tênis e das piscinas internas e externas.

Os preços das diárias no Château variam de US$ 150 a US$ 900 – cerca de R$ 610 e R$ 3.650 –, dependendo da quantidade de pessoas e do tipo de quarto. A apenas 80 quilômetros do castelo, está Bordeaux, capital francesa do vinho. Os mais dispostos podem ir a pé ou de bicicleta. Alguns lugares imperdíveis são a Place de la Comédie, o Grand Théatre e a Place Pey-Berland. Aos domingos, vale conferir a feira de peixes e ostras à beira do Rio Garonne.

Com aposentos dignos de reis e rainhas, o Castelo Ashford, na Irlanda, é uma boa opção para quem procura por um hotel luxuoso para passar as férias. A imponente construção, localizada no vilarejo de Cong, foi erguida em 1228 em um terreno de mais de 140 hectares. Além das áreas internas do castelo, a área verde chama a atenção com seus jardins e lagos.

O hotel no Castelo Ashford é ideal para quem precisa relaxar. Salas de spa e cinema, tênis, golfe, ciclismo, pesca e passeios de barco são apenas algumas das atividades oferecidas nas dependências do hotel. O hóspede pode ainda se deliciar com a culinária local. Ashford tem 83 suítes, com diária de US$ 425, cerca de R$ 1.700.

Quem quiser passear fora das dependências, no vilarejo de Cong pode fazer passeios de barco e praticar esportes, como caiaque, tiro com arco, entre outros. Cong também é conhecida por ser cenário do filme Depois do vendaval, de 1952, dirigido por John Ford.

Castelo de Óbido - www.pestana.com/br/hotel/pousada-obidos
Château de Mirambeau - www.chateauxmirambeau.com/fr/index.php
Castelo de Dornröschen - www.sababurg.de/
Castle in Clarens - www.castleinclarens.co.za/
Ashford Castle - www.ashfordcastle.com/

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE TURISMO