Viaje Legal - Os cuidados para reservar passeios e viagens on-line

por Luciana Atheniense 23/12/2015 06:05

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Arte/EM
(foto: Arte/EM)
Nos últimos anos, muitos consumidores estão utilizando a internet para pesquisar, planejar e contratar suas viagens nos sites de agências de turismo, empresas de aviação e hotéis. Essa comodidade requer cautela por parte do contratante, já que as compras virtuais nem sempre fornecem a segurança que se almeja.

Dicas de site seguro

1) Verifique se você, de fato, está no site pretendido. Essa confirmação pode ocorrer no momento em que for solicitada a digitação de sua senha ou de seus dados pessoais. Na página, a URL deverá começar com “https” e existirá um cadeado no canto inferior direito da tela. Esse cadeado, que deverá estar fechado, representa que o site é seguro.

2) Conheça as medidas que o site adota para garantir a privacidade dos seus dados, principalmente se você precisar inserir documentos como RG, CPF etc.

3) Desconfie de depósitos em conta corrente de titularidade diferente da do vendedor/empresa, como forma de pagamento dos valores negociados.

4) Cheque o endereço físico do fornecedor/empresa, telefones, e-mails etc. Apenas dados virtuais não são suficientes. Essa informação é muito importante até para amparar o turista insatisfeito. Uma possível ação judicial somente poderá ser proposta contra uma empresa com seu respectivo endereço comercial.

5) Mantenha o registro de tudo o que for realizado, armazenando principalmente os e-mails que receber relacionados à compra e à confirmação.

6) Evite realizar compras e outras operações financeiras em máquinas públicas ou desconhecidas, como em lanhouses, bibliotecas, cafés etc. Não há como saber se esses computadores têm os requisitos de segurança para proteger seus dados pessoais, do cartão de crédito e senhas.

Dicas para contratar a viagem segura

Ao consultar sites de viagens, dê preferência aos registrados no Ministério do Turismo (www.cadastur.turismo.gov.br).

Acesse o site do hotel/pousada/resort contratado para que você compare se a infraestrutura oferecida pelo pacote é compatível com a realidade.

Consulte alguém que já esteve no local escolhido e/ou busque informações mais precisas.

No caso de passagens aéreas, consulte os preços com agentes de viagens, pois os sites nem sempre informam sobre combinações tarifárias que podem tornar o bilhete mais barato.

Tenha cautela quando vir e-mails com ofertas que contenham promoções e condições muito vantajosas. O barato pode sair muito caro.

Guarde qualquer documento e anúncios publicitários referentes ao pacote, pois a propaganda deve ser cumprida da mesma forma como foi veiculada.

Escreva tudo o que for combinado com quem vendeu o pacote de viagem.

Leia o contrato com atenção. É importante estar ciente do que está incluso, ou não, no seu pacote de viagem.

A manutenção dos registros das transações comerciais é importantíssima, por isso, armazene os e-mails relacionados, sobretudo em relação à compra e à confirmação de sua passagem, reserva de hotel ou qualquer outro serviço.

Para contratar as vendas virtuais, é necessário ter cautela e buscar empresas sérias, capazes de fornecer, com profissionalismo, a prestação de serviços que o turista/consumidor, anseia e merece.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE TURISMO