Passeio no Oceanário em Portugal

por Zulmira Furbino 23/12/2015 06:08

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Zulmira Furbino/EM/D.A Press
(foto: Zulmira Furbino/EM/D.A Press)
O cheiro de algas, a umidade, rumor marinho, o elegante balé dos tubarões e das arraias, o canto das aves, o som do pinguim, reunidos num só espaço, o Oceanário de Lisboa, considerado um dos melhores do mundo, fazem você se sentir no fundo do mar. A atração está instalada na Doca dos Olivais, às margens do Tejo, no Bairro das Nações, num local construído para abrigar a Expo Lisboa em 1998 e que hoje se transformou numa região ocupada pela alta classe média portuguesa. O acesso de metrô é facílimo.

Com arquitetura moderna e arrojada, o local é a antítese da Lisboa da Baixa, do Chiado, da Alfama e de Belém. Um grande aquário central, com 5 milhões litros de água salgada fabricada especialmente para o local, abriga quatro hábitats marinhos criando a ilusão de estar diante de um só aquário e um só oceano. A visita é feita nos níveis terrestre e subaquático, atravessando águas temperadas, tropicais e frias dos diferentes oceanos do planeta. Aves, invertebrados, peixes, anfíbios, mamíferos, plantas e algas fazem parte da exposição permanente. Dá pena ir embora. O melhor dos mundos é chegar cedo, passear no teleférico da orla do Tejo e depois mergulhar na vida dos oceanos sem hora para voltar.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE TURISMO